Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 
 
 
Música clássica no verão dos trópicos (30/12/2008)
Por Leonardo Martinelli

As propagandas na televisão, jornais, revistas e rádios insistem: verão combina com praia, cerveja gelada, carro novo, roupas caras e corpos sarados e seminus. E muita, muita música ruim. Definitivamente, uma paisagem quase alienígena para um habitué de salas de concertos e casas de ópera. Entretanto, se ao calorão que por esses trópicos faz em janeiro podemos associar uma ingrata estiagem de boa música - com nossas principais orquestras e sociedades de concertos gozando de umas merecidas férias - saiba que não precisa fuçar muito para achar vários oásis em meio a este deserto cultural.

Esses oásis existem devido a um fato muito curioso: músicos tendem a não saber o que a palavra "férias" e variações (fim-de-semana, feriado, etc.) significam. Isso é, aquele punhado de dias livres que aparece entre o Ano Novo e o Carnaval invariavelmente é preenchido com mais música, em especial, pelos diversos festivais que cada vez tomam corpo país afora.

No Brasil a tradição do festival de música iniciou-se com a temporada de inverno, tendo o famoso festival de Campos do Jordão como evento seminal. Porém, já faz alguns anos que os festivais de verão têm ganhado força. Se num primeiro instante eles tinham uma tendência fortemente didática, cada vez mais eles têm proporcionado bons espetáculos, abertos para o público em geral.

Vem do Paraná o pioneirismo dos festivais de verão brasileiros, com a Oficina de Música de Curitiba. Em sua 27ª edição, a capital paranaense se tornou, ao longo desses anos, referência para esse tipo de evento, por mais que ele tenha sofrido com as mudanças da política cultural local. Atualmente sob a direção de Janete Andrade, o festival confirma sua vocação ao ecletismo, ao oferecer atividades e espetáculos em diversas frentes além da música de concerto tradicional, tal como em música antiga e popular.

Outro festival que tem cada vez mais chamado a atenção pelos concertos que realiza é o Festival Música nas Montanhas, da cidade mineira de Poços de Caldas. Sob a direção do maestro Jean Reis, ao longo dos últimos dez anos tem investido na excelência de seu corpo docente com grandes nomes da cena clássica brasileira que, por fim, acabam tomando parte nas apresentações.

Entretanto, vem novamente do Sul outro festival que tem solidificado sua reputação no meio musical, isso é, o Festival de Música de Santa Catarina (Femusc). Sob a direção artística do oboísta e regente Alex Klein, o evento ocorre na cidade de Jaraguá do Sul e, apesar de seu pouco tempo de existência, tem atraído vários estudantes do exterior.

Nesse contexto, é curioso notar que São Paulo - tanto a cidade, quanto o Estado - não tenha nenhum evento do gênero para amenizar um pouco a estiagem musical que assola a megalópole. Será que um dia novas brisas passarão a soprar por essas terras nessa época do ano?

Serviço:
XVII Oficina de Música de Curitiba (de 7 a 21 de janeiro): www.oficinademusica.org.br
Festival Música nas Montanhas (de 4 a 17 de janeiro): www.festivalmusicanasmontanhas.com.br
Festival de Música de Santa Catarina, Femusc (de 22 de janeiro a 4 de fevereiro): www.femusc.com.br/09/





Leonardo Martinelli - é compositor e jornalista. Foi editor-assistente da Revista CONCERTO entre 2009 e 2013, e atualmente é diretor de formação da Fundação Theatro Municipal de São Paulo.

Mais Textos

A produção é boa, mas faltou mágica na “Flauta” do Municipal Por Nelson Rubens Kunze (23/12/2017)
Relativizações, realidades e transformações: um olhar sobre “A flauta mágica” do Theatro Municipal Por João Luiz Sampaio (23/12/2017)
O prazer de ouvir Neymar Dias – muito bachiano e muito brasileiro Por Irineu Franco Perpetuo (20/12/2017)
Uma temporada inclusiva, feita com inteligência Por João Marcos Coelho (19/12/2017)
Uma grande e despretensiosa sátira Por João Luiz Sampaio (8/12/2017)
A goleada da Argentina (e nem precisaram do Messi) Por Nelson Rubens Kunze (8/12/2017)
Museu virtual reúne milhares de instrumentos de coleções britânicas Por Camila Frésca (4/12/2017)
Karnal, a Osesp e o governador Por Nelson Rubens Kunze (24/11/2017)
Quem não trafega nas redes sociais se trumbica Por João Marcos Coelho (24/11/2017)
Budu e Hilsdorf: nasce um duo Por Irineu Franco Perpetuo (14/11/2017)
Três óperas Por Jorge Coli (7/11/2017)
Convocação de OSs para Emesp, Guri e Conservatório de Tatuí reforça torniquete financeiro do governo Por Nelson Rubens Kunze (3/11/2017)
Para onde nos levará a onda de censura no país? Por João Marcos Coelho (31/10/2017)
Os quartetos de cordas e a reavaliação da obra de Villa-Lobos Por Camila Frésca (30/10/2017)
O Brahms profundo e espontâneo de Nelson Freire Por Irineu Franco Perpetuo (25/10/2017)
Primeiras impressões sobre a temporada da Osesp Por João Marcos Coelho (29/9/2017)
“Tosca” tem montagem competente no Rio de Janeiro Por Nelson Rubens Kunze (28/9/2017)
Refinamento e inventividade em “Brazilian Landscapes” Por Camila Frésca (28/9/2017)
Um “Nabucco” problemático no Theatro Municipal de São Paulo Por João Luiz Sampaio (26/9/2017)
Na estreia com a Osesp, Leonardo Hilsdorf encanta a Sala São Paulo Por Irineu Franco Perpetuo (22/9/2017)
Festival de Ópera do Theatro da Paz faz bom “Don Giovanni” Por Nelson Rubens Kunze (19/9/2017)
Penderecki e Szymanowski: uma noite musical maior Por Jorge Coli (18/9/2017)
Novo fôlego para a ópera no RS Por Everton Cardoso (8/9/2017)
Wagner de boa qualidade, mas sem lirismo e vigor dramático Por Jorge Coli (4/9/2017)
Finalmente Dudamel “suja” mãos e batuta com a “política” Por João Marcos Coelho (24/8/2017)
Dobradinha “Pulcinella & Arlecchino” tem boa realização no Theatro São Pedro Por Nelson Rubens Kunze (23/8/2017)
 
Ver todos os textos anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Janeiro 2018 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3
 

 
São Paulo:

19/1/2018 - Duo Fryvan

Rio de Janeiro:
24/1/2018 - José Carlos Vasconcellos - piano

Outras Cidades:
30/1/2018 - Paraupebas, PA - Academia Jovem Concertante
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2018 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046