Banner 468x60
Banner 180x60
Boa tarde.
Terça-Feira, 19 de Junho de 2018.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 

 
 
 
Movimento Violão, 15 anos de atividades eternizadas num lançamento de fôlego (4/6/2018)
Por Camila Frésca

Carlos Barbosa Lima sobe ao palco com seu violão e, sob calorosos aplausos, inicia um recital solo. No programa, obras de compositores americanos como Alberto Dominguez, Agustín Barrios, Villa-Lobos e Ernesto Nazareth em arranjos originais. Quase uma lenda do violão brasileiro, Barbosa Lima estudou com Andrés Segovia e fez uma curiosa transição do repertório clássico ao popular, passando pelo jazz. Este importante registro é um dos que constam na caixa de DVDs Movimento Violão, recém-lançada pelo Selo Sesc para comemorar os 15 anos da série. Ao longo desse período, foram mais de 250 espetáculos com a participação de 228 violonistas, em cidades como São Paulo, Ribeirão Preto, Araraquara, Belo Horizonte e até Nova York.

“Carlos Barbosa Lima é um ícone do violão mundial, um dos violonistas brasileiros mais reconhecidos da história”, explica Paulo Martelli, idealizador e curador do projeto. O veterano artista, no entanto, é apenas uma dentre várias estrelas que integram o box de 10 DVDs – um registro de toda a temporada de 2012. Além dele, foram gravados os recitais dos brasileiros Paulo Porto Alegre, Daniel Wolff e Pedro Martelli; dos jovens João Kouyoumdjian e João Carlos Victor; dos argentinos Eduardo Isaac e Pablo Márquez; do consagrado Duo Assad; do quarteto de violões Abayomi (que também inclui o canto) e de Marco Pereira e o próprio Paulo Martelli acompanhados por orquestra, num programa todo dedicado à obra de Pereira, incluindo a estreia da fantasia concertante Lendas amazônicas.


Duo Assad [Divulgação]

O violão é um dos instrumentos centrais da vida musical no Brasil: nele (ou nos antecessores do instrumento moderno) foram compostos e tocados os primeiros gêneros musicais praticados em solo brasileiro, como a modinha e o lundu; foi o instrumento da música profana feita fora das igrejas, no século XVIII; era o veículo predileto dos boêmios das cidades no século XIX. Já no século XX, foi paulatinamente vencendo o estigma de instrumento pouco respeitável e adentrando os salões nobres e as salas de concerto, servindo tanto à música erudita quanto à popular. Ao mesmo tempo, foram surgindo exímios intérpretes, primeiro da música popular e depois (sobretudo com a obra de Villa-Lobos) da tradição clássica – mas a verdade é que o violão é bastante maleável e sempre soube acolher bem músicos que transitam entre os dois repertórios.

Estes intérpretes se consagraram no Brasil e afora e hoje formam um time de primeiríssima, integrando a nata do violão mundial. Uma parte desses nomes, que estão entre os maiores violonistas da atualidade, é justamente o que este lançamento deixa registrado para a posteridade. Além disso, a série Movimento Violão é uma iniciativa inédita, seja por seu alcance como por sua longevidade. No total, a coletânea traz 92 faixas, captadas com alta qualidade de áudio e vídeo. Além dos recitais, é possível escolher as músicas individualmente, selecionar legendas em quatro idiomas e ainda conferir depoimentos de cada um dos artistas. Segundo Paulo Martelli, a caixa “ilustra a variedade de escolas e tendências que permitiram ao violão incorporar-se à música de diversas gerações ao longo de nossa história”.

[Clique para comprar a caixa de DVDs Movimento Violão]





Camila Frésca - é jornalista e doutoranda em musicologia pela ECA-USP. É autora do livro "Uma extraordinária revelação de arte: Flausino Vale e o violino brasileiro" (Annablume, 2010).

Mais Textos

Julia Lezhneva: Triunfo barroco na Sala São Paulo Por Irineu Franco Perpetuo (12/6/2018)
Dois elencos, duas Traviatas Por Jorge Coli (28/5/2018)
Uma grande surpresa e um grande concerto para piano Por João Marcos Coelho (25/5/2018)
Suisse Romande: Master class na Sala São Paulo Por Irineu Franco Perpetuo (15/5/2018)
Um matrimônio espirituoso, vivo e musical Por Jorge Coli (8/5/2018)
“Fausto” é novo marco artístico do Festival Amazonas de Ópera Por Nelson Rubens Kunze (7/5/2018)
Clássico em terreno popular: o encantador recital de Cristian Budu na série “Tupinambach” Por Camila Frésca (3/5/2018)
Um "Faust" digno dos grandes teatros internacionais Por Jorge Coli (2/5/2018)
Cristian, Jamil e OER empolgam o Municipal lotado Por Irineu Franco Perpetuo (30/4/2018)
Verdi futurista aterrissa no Theatro Municipal do Rio Por Nelson Rubens Kunze (30/4/2018)
Ótima "Traviata" estreia em Belo Horizonte Por Nelson Rubens Kunze (27/4/2018)
A Camerata Romeu e a reinvenção da música Por João Marcos Coelho (26/4/2018)
Primeira escuta: Ronaldo Miranda estreia obra com a Osesp Por Nelson Rubens Kunze (25/4/2018)
Oito olhos azuis e muita música Por Jorge Coli (19/4/2018)
‘Missa’ de Bernstein é destaque no Theatro Municipal de São Paulo Por Nelson Rubens Kunze (10/4/2018)
“O Corego” e os primórdios da representação operística Por Camila Frésca (6/4/2018)
Natalie Dessay: uma expressão que transcende as palavras Por Irineu Franco Perpetuo (5/4/2018)
Os Músicos de Capella fazem primorosa ‘Paixão’ de Bach Por Nelson Rubens Kunze (29/3/2018)
A música não mente Por João Marcos Coelho (27/3/2018)
Enfim, uma sede para a Ospa! Por Nelson Rubens Kunze (26/3/2018)
A Osesp, Villa-Lobos e o “voo de galinha” Por João Marcos Coelho (23/3/2018)
Jan Lisiecki: para uma temporada de austeridade, um pianista nada austero Por Irineu Franco Perpetuo (14/3/2018)
“Lo Schiavo” em Campinas: encantamento e melancolia Por Jorge Coli (12/3/2018)
Villa-Lobos, a Semana de Arte Moderna e o Brasil Por Camila Frésca (8/3/2018)
“Sexta” de Mahler coroa trabalho artístico do Instituto Baccarelli Por Nelson Rubens Kunze (5/3/2018)
 
Ver todos os textos anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Junho 2018 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
 

 
São Paulo:

19/6/2018 - Trio Musikar

Rio de Janeiro:
19/6/2018 - Maur Trio

Outras Cidades:
20/6/2018 - Natal, RN - Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2018 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046