Banda Sinfônica se mobiliza contra extinção

por Redação CONCERTO 15/12/2016

Conforme post divulgado em sua página do Facebook, a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo afirma ter sido notificada que o Instituto Pensarte, organização social que a mantém, suspenderá as atividades do grupo a partir de janeiro até pelo menos abril. Segundo a Banda, haverá demissões de músicos, "não sabemos se da totalidade do grupo". O comunicado afirma que "no papel a Banda existirá e cumprirá concertos patrocinados no interior com músicos contratados temporariamente (pelo que entendemos) a partir de abril".

 

Em nota enviada ao blog de João Luiz Sampaio no jornal O Estado de S. Paulo, o Instituto Pensarte disse que "as informações divulgadas pelos músicos ainda não são oficiais" e que ainda está sendo aguardada alguma definição com relação ao orçamento de 2017.

O Instituto Pensarte viu os repasses governamentais despencarem de R$ 34,2 milhões em 2014 para cerca de R$ 26 milhões em 2016. No edital de convocação para o novo contrato da organização social, a secretaria estipulava o valor de 22,4 milhões para o ano de 2017. O novo contrato, que deveria ter sido assinado em 15 de dezembro, foi "sobrestado" para abril [leia mais aqui]