Com Adriane Queiroz, Filarmônica de Minas Gerais faz segundo concerto dedicado a Strauss

por Redação CONCERTO 14/07/2014

No dia 15 de julho, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais faz seu segundo concerto em homenagem a Richard Strauss, cujo sesquicentenário é celebrado este ano. Após ter o pianista Arnaldo Cohen como convidado, a orquestra recebe outro grande nome da música brasileira: a soprano Adriane Queiroz.

 

Natural de Belém, no Pará, Queiroz tem uma carreira de sucesso, especialmente na Europa – ela é radicada em Berlim desde os anos 1990, onde faz parte do elenco estável da Ópera Estatal de Berlim. Queiroz também é a entrevistada do mês de julho da Revista CONCERTO (disponível aqui para assinantes).

Quem comanda a orquestra é o diretor artístico e regente titular Fabio Mechetti. A apresentação ocorre no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, e tem no repertório as Quatro últimas canções e a cena final da ópera Capriccio, interpretadas por Queiroz. O programa se completa com a suíte O burguês fidalgo e a Serenata em mi bemol.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.