Com Lamosa e Portari, “La bohème” ganha montagem em Ribeirão Preto

por Redação CONCERTO 15/03/2011

Baseada no romance francês Scènes de la vie bohème, de Henry Murger e com libreto de Giacoso e Illica, a ópera La bohème, de Giacomo Puccini (1858-1924), ganhou os palcos da cidade italiana de Turim em 1896 e, pouco depois, circulava pelo mundo. Esta popular obra ganhará uma nova montagem com a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, direção artística e regência do maestro Cláudio Cruz e direção cênica de Caetano Vilela. As récitas acontecem dias 16, 18 e 20 de março no Teatro Pedro II, em Ribeirão Preto.

 

O tenor Fernando Portari – que nos últimos tempos tem se apresentado num dos mais importantes teatros de ópera do mundo, o La Scalla de Milão – e a soprano Rosana Lamosa voltam a interpretar os papéis principais da Bohème. Os solistas, casados na vida real, já deram vida ao poeta Rodolfo e a costureira Mimi em 1998. Completam o elenco os barítonos Leonardo Neiva e Wladimyr Carvalho, a soprano Yuka de Almeida Prado e os baixos Sávio Sperandio e Claudinei de Oliveira.

O espetáculo, que se divide em quatro atos e é composto por oito personagens, contará ainda com a colaboração de profissionais premiados em grandes montagens de ópera no Brasil e no exterior, como o cenógrafo Chris Aizner e o figurinista Olintho Malaquias.