Concertos da Sinfônica Municipal e encontro do Núcleo de Orquestras de Formação movimentam Municipal de SP

por Redação CONCERTO 25/09/2014

A Orquestra Sinfônica Municipal sobe ao palco do Theatro Municipal de São Paulo, nos dias 27 e 28, dois concertos sinfônicos. Seguindo a linha de trazer convidados internacionais de peso, a orquestra recebe como regente o maestro britânico Alexander Joel, diretor artístico da Ópera Estatal de Braunschweig, da Alemanha.

 

Ele tem a companhia de outro convidado: o violinista russo Boris Belkin. Nascido em Sverdlovsk, atual Ecaterinburgo, Belkin foi aluno de Isaac Stern e Yuri Yankelevich, dois dos maiores nomes do violino soviético. Em 1974, após se mudar para o Ocidente, o violinista conheceu fama internacional, apresentando-se com orquestras como a Real do Concertgebouw, de Amsterdã, e a Filarmônica de Los Angeles, além de colaborar com alguns dos maiores nomes de regência do século XX, como Lorin Maazel, Vladimir Ashkenazy, Bernard Haitink e Seiji Ozawa.

No Municipal paulista, Belkin interpreta o Concerto de Brahms. O programa então segue com La mer, de Debussy, e a suíte nº 2 de Daphnis et Chloé, de Ravel.

Orquestras de formação
Também no dia 27 de setembro, é promovido na Praça das Artes o 1º Encontro do Núcleo de Orquestras de Formação da Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Serão reunidos os cerca de 200 músicos dos três grupos jovens do Theatro Municipal – a Orquestra Experimental de Repertório, a Orquestra Sinfônica Jovem Municipal e a Orquestra Sinfônica Infanto-Juvenil da Escola Municipal de Música.

O evento se inicia com a Sinfônica Infanto-Juvenil, que, sob regência de Daniel Cornejo, toca o balé O quebra-nozes, de Tchaikovsky. Na sequência, Érica Hindrickson comanda a Sinfônica Jovem Municipal na Suíte Karelia, de Jean Sibelius. E então é a vez da Experimental de Repertório e seu regente titular, Carlos Moreno, interpretarem a famosa Abertura 1812, de Tchaikovsky. Como encerramento, as três orquestras se apresentam juntas, sob regência de Moreno, no Batuque, de Oscar Lorenzo.

[Veja mais no Roteiro Musical: OSM e Boris BelkenEncontro do Núcleo de Formação]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.