Experimental de Repertório recebe violinista húngaro Kristóf Baráti

por Redação CONCERTO 28/06/2013

A Orquestra Experimental de Repertório dá continuidade a sua Temporada 2013 no Theatro Municipal de São Paulo no próximo dia 30 de junho, domingo, às 11h, quando apresenta-se sob regência do maestro Jamil Maluf, com a participação do renomado violinista húngaro Kristóf Baráti.

 

O programa escolhido traz a Abertura Festiva e a Sinfonia nº 9 Op. 70 de Dmitri Shostakovich e a Sinfonia Espanhola, Op. 21, de Édouard Lalo.

Kristóf Barati nasceu em Budapeste, Hungria, em 1979. Passou grande parte de sua infância na Venezuela, onde começou seus estudos de violino. Aos 11 anos já havia se apresentado ao lado de orquestras venezuelanas e como recitalista no Festival da Radio France, em Montpellier. Voltou ao seu país de origem para continuar sua formação musical na Academia de Música Franz Liszt e participar de concursos de piano pela Europa, como a Queen Elisabeth Competition, em Bruxelas (Bélgica), quando conquistou o terceiro lugar. A partir daí, sob influência de nomes como Nathan Mistein e Yehudi Mehunin, Baráti passou a consolidar sua reputação internacional.

O violinista já se apresentou nas principais salas de concerto do mundo, ao lado de maestros como Kurt Masur, Marek Janovski, Eiji Oue e Iván Fischer; e ao lado de instrumentistas como Natalia Gutman, Gábor Boldoczki e Michel Portal. Em 2009 e 2010 gravou obras de Paganini e Bach para a Berlin Classics. Atualmente, ele se apresenta com um violino Stradivarius de 1703, Lady Harmsworth, oferecido pela Stradivarius Society, de Chicago (EUA).

[Veja detalhes no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2013 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.