I Encontro Internacional de Música Antiga acontece em São Paulo

por Redação CONCERTO 12/06/2012

Um dos raros polos regulares dedicados à música historicamente orientada no Brasil, o Núcleo de Música Antiga da Emesp, Escola de Música do Estado de São Paulo, que conta com a direção do experiente violinista e regente Luís Otávio Santos, promove este mês seu I Encontro Internacional de Música Antiga.

 

O evento promoverá master classes com diversos professores do núcleo e convidados vindos de reputadas instituições europeias, que ocorrerão pela manhã na sede da escola. À noite, os professores palestrantes se reunirão para concertos.

Nos dias 14 e 15, o espaço da Igreja Sagrado Coração, no bairro dos Campos Elísios, será o palco de dois concertos. O primeiro será totalmente dedicado ao repertório para alaúde. Um dos mais tradicionais instrumentos de cordas dedilhadas, a apresentação ficará a cargo de Guilherme de Camargo e Rafael Bonavita. No dia seguinte será a vez de um conjunto de câmara com os traversos (ou flauta tranversal barroca) de Gertraud Wimmer e Lívia Lanfranchi, os violoncelos de Jaap ter Linden e João Guilherme Figueiredo, além da participação de Alessandro Santoro ao cravo.

Nos dias 16 e 17 os concertos serão na Pinacoteca do Estado. Na primeira apresentação estarão os violinistas Luís Otávio Santos e Ryo Terakado, os flautistas Peter van Heyghen e Ricardo Kanji, Natalia Chain nos oboés barrocos, apoiados pelo baixo contínuo a ser realizado pelo violoncelista João Guilherme Figueiredo e pelo cravista Jacques Ogg. No concerto de encerramento está prevista uma grande jam session barroca com todos os professores do encontro.