Lutero Rodrigues rege Camerata Aberta em repertório brasileiro

por Redação CONCERTO 26/08/2010

A Camerata Aberta, grupo residente de professores da Emesp ‘Tom Jobim’ (antiga ULM), apresenta dia 29, no Grande Auditório do Masp, o concerto “Música viva, música nova”, com obras históricas da música contemporânea brasileira. Para esta apresentação o grupo conta com a experiência do maestro Lutero Rodrigues, especialista em música brasileira do final do século XIX e primeira metade do século XX, que dirigirá a Camerata. Estarão no programa, entre outras obras, o Noneto, do carioca César Guerra-Peixe, o Choros nº 7, também conhecido como “Settimino”, de Villa-Lobos, Música de câmara 1944, de Cláudio Santoro, Música para doze instrumentos “Berimbau”, de Gilberto Mendes, e o Réquiem para o sol, de Lindembergue Cardoso.

Bacharel em Música com Habilitação em Regência pela Universidade de São Paulo, Lutero Rodrigues estudou na Alemanha e aperfeiçoando-se na Escola Superior de Música Detmold, onde estudou com Martin Stephani e Sergiu Celibidache.

 

No Brasil, foi diretor artístico dos Festivais de Inverno de Campos do Jordão (1987 a 1990), diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba, diretor artístico da Sinfonia Cultura - Orquestra da Rádio e TV Cultura, além de regente titular da Orquestra Sinfônica Juvenil do Litoral, da Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório de Tatuí e da Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba. Como regente convidado, atuou também na Alemanha, Costa Rica, México, Espanha e Dinamarca.

Há vários anos dedica-se à música brasileira e à música das Américas, regido mais de 300 obras de quase uma centena de compositores brasileiros, incluindo mais de 50 primeiras audições mundiais.