“A menina das nuvens” vence 5 categorias do Prêmio Carlos Gomes

por Redação CONCERTO 06/05/2010

Foi ontem a premiação da 13ª edição do Oscar da ópera e da música clássica brasileira, o Prêmio Carlos Gomes. A cerimônia foi comandada por Mona Dorf e Sergio Casoy e teve a participação da Orquestra Sinfônica de Santo André sob direção do maestro Carlos Moreno, com as solistas Gabriella Pace e Adriana Clis, que apresentaram trechos de obras de Carlos Gomes, Gounod, Offenbach, Wagner, Bizet, Mozart e Bellini. A bonita festa na Sala São Paulo reuniu parte importante da vida musical brasileira, entre artistas, promotores, diretores de teatro e jornalistas. O Prêmio Carlos Gomes tem como presidente Niza de Castro Tank e é uma realização da Algol Editora, sob direção geral de Heraldo Marin.

Em ano especialmente fraco no que diz respeito à ópera no Brasil – esta 13ª edição do Carlos Gomes contemplou a atividade de 2009 –, a ótima montagem de A menina das nuvens, de Villa-Lobos, produzida e apresentada pelo Palácio das Artes de Belo Horizonte, foi destaque nas premiações, levando o troféu em 5 categorias: espetáculo de ópera, cenário (Rosa Magalhães), iluminação (Pedro Pederneiras), regente de ópera (Roberto Duarte) e cantora solista (Gabriella Pace). A produção do título foi a última realização lírica da gestão de Lúcia Camargo, que foi substituída na presidência do Palácio das Artes no início deste ano. O prêmio de ontem foi recebido pela nova presidente, Eliane Parreiras, que destacou a tradição da casa e a intenção de seguir com o incentivo às montagens líricas.

O Troféu Guarany, principal honraria do Prêmio Carlos Gomes e que é conferido a uma personalidade ou instituição pelo conjunto de suas realizações, foi para o jornalista e crítico musical Lauro Machado Coelho. Autor de coleção “História da ópera” (Editora Perspectiva) bem como de diversas biografias de compositores (Algol Editora), Machado Coelho é um dos mais preparados intelectuais da área musical de nosso país, com um vasta produção em livros bem como participação regular em importantes veículos da imprensa, nos últimos anos como crítico musical do jornal O Estado de S. Paulo. Lauro Machado Coelho, que está afastado do trabalho por motivos de saúde, é colunista da Revista CONCERTO desde 1996.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores da 13ª edição do Prêmio Carlos Gomes:

Espetáculo de Ópera
A menina das nuvens
Ópera de Villa-Lobos, produção do Palácio das Artes em Belo Horizonte

Cenário
Rosa Magalhães
Por A menina das nuvens, de Villa-Lobos, produção do Palácio das Artes em Belo Horizonte

Figurino
Olintho Malaquias
Por Les Troyens, de Berlioz, por Samson et Dalila, de Saint-Saens, ambas no Teatro Amazonas, produções do Festival de Ópera de Manaus, e por Il Barbiere di Siviglia, de Rossini, Theatro São Pedro, produção da Apaa - Associação Paulista dos Amigos da Arte, São Paulo

Iluminação
Pedro Pederneiras
Por A menina das nuvens, produção do Palácio das Artes em Belo Horizonte

Direção de Cena
André Heller-Lopes
Por Der Rosenkavalier, de Strauss, na Sala São Paulo, produção da Fundação Osesp, São Paulo

Solista Instrumental
Turíbio Santos
Pelo trabalho de recuperação da obra de Villa-Lobos

Conjunto de Câmara
Quarteto Radamés Gnatalli
Pelos concertos com a série de 17 quartetos de Villa-Lobos e pelos concertos didáticos no Acre

Regente Sinfônico
Roberto Tibiriçá
Pelo trabalho à frente da Orquestra de Heliópolis

Orquestra Sinfônica
Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo
Pela temporada de concertos e pela ópera Der Rosenkavalier, produções da Fundação Osesp

Regente de Ópera
Roberto Duarte
Por A menina das nuvens, de Villa-Lobos, produção do Palácio das Artes em Belo Horizonte

Cantor Solista
Rodrigo Esteves
Por Alfio, na Cavalleria Rusticana, e por Figaro, em Il Barbiere di Siviglia, ambas no Theatro São Pedro, produções da Apaa - Associação Paulista dos Amigos da Arte, São Paulo; Faninal em Der Rosenkavalier, na Sala São Paulo, produção da Fundação Osesp; pela participação no CD Das Lied von der Erde, de Mahler

Cantora Solista
Gabriella Pace
Por sua participação como A menina das nuvens, de Villa-Lobos, produção do Palácio das Artes em Belo Horizonte

Troféu Guarany
Lauro Machado Coelho
Pelas excepcionais biografias de compositores e pela série “História da Ópera”