Ópera Estúdio apresenta “As Bodas de Fígaro”

por Redação CONCERTO 20/06/2012

Sob direção de Mauro Wrona, o Ópera Estúdio interpreta As Bodas de Fígaro, de Mozart, nos dias 22, 23, 26, 29 e 30 de junho. A ópera é o resultado de um semestre de trabalho do professor Mauro Wrona com os alunos do Ópera Estúdio, curso regular para cantores líricos do ciclo avançado da Escola de Música do Estado de São Paulo – Emesp Tom Jobim.

 

A história desenrola-se no Castelo do Conde de Almaviva na Espanha de 1785. Fígaro e Susanna, servos do Conde e da Condessa Almaviva, estão noivos e se casarão em breve. O Conde mantém um assédio sexual a Susanna, o que a faz duvidar que este cumpra a sua promessa de abolir o “Direito do Senhor”, que estabelecia a prerrogativa de se deitar com a serva antes de entregá-la ao futuro marido.

O Ópera Estúdio já encenou Così Fan Tutte, de Mozart (2005), Albert Herring, de Benjamin Britten (2006), Orphée aux Enfers, de Jacques Offenbach (2007), com adaptação em português de Francisco Correa Vasques, Viva La Mamma, de Gaetano Donizetti (2008), Le Domino Noir, de Daniel Auber (2009), A Flauta Mágica, de Wolfgang Amadeus Mozart (2010) e Tutto nel Mondo è Burla!, espetáculo com obras de Verdi, Puccini, Rossini e Donizzetti (2011).

As apresentações de As Bodas de Fígaro acontecem na Pinacoteca do Estado (dias 22, 26 e 29 de junho), e no Museu do Ipiranga (dias 23 e 30).

[Veja detalhes no Roteiro Musical]