Orquestra Arte Barroca apresenta Purcell, Locke e Bartolomeo Conti em instrumentos de época

por Redação CONCERTO 26/03/2012

Nesta quarta-feira, dia 28 de março, às 20h, a Orquestra Arte Barroca apresenta no Teatro da Escola Waldorf Rudolf Steiner, no Alto da Boa Vista (em São Paulo), um repertório que tem a suíte orquestral de Fairy queen, de Purcell, Music for the tempest, de Locke, e Don quisciotte in Sierra Morena, Ballo di paesari abitanti in Sierra Morena e Ballo de pagarellieri, de Francesco Bartolomeo Conti.

 

Formada em 2007 por Paulo Henes, a Orquestra Arte Barroca explora o repertório camerístico e orquestral dos séculos XVII e XVIII, em um trabalho baseado em pesquisas de tratados do período Barroco, por meio de elementos estilísticos, históricos e biográficos. O grupo, que utiliza cópias de instrumentos barrocos, usados nas orquestras daquele período, tem além de violinos e violas outros instrumentos que compunham o baixo contínuo, como o violoncelo, o contrabaixo, a guitarra barroca, a teorba e o cravo.

A apresentação desta quuarta-feira, que faz parte da série “Música de cena: música barroca para o teatro”, tem entrada franca e o mesmo programa será apresentado no dia 30 no Teatro Vasquez, em Migi das Cruzes.

[Veja detalhes no Roteiro Musical]