Orquestra Filarmônica de Minas Gerais lança temporada 2017

por Redação CONCERTO 10/10/2016

A Filarmônica de Minas Gerais anunciou a sua nova temporada para 2017: serão no total cinco séries de assinaturas, com 33 programas diferentes em 57 concertos. As apresentações acontecem na Sala Minas Gerais, às quintas, sextas e sábados. Além da programação da temporada, a filarmônica também manterá todas suas atividades paralelas, como o concurso de composição Festival Tinta Fresca, o Laboratório de regência, os Concertos didáticos, para juventude, comentados e de câmara, entre outras.

 

O ano de 2017 marcará a 10ª temporada da Filarmônica de Minas Gerais. Estabelecida em 2007, a orquestra é mantida pelo governo do Estado de Minas Gerais e é administrada pelo Instituto Filarmônica, uma organização social sem fins lucrativos. Esse modelo permitiu que a orquestra em poucos anos se consolidasse como um dos mais pujantes centros sinfônicos do país. Desde o início sob a direção artística do maestro paulista Fabio Mechetti, que desenvolveu sua carreira nos Estados Unidos, a Filarmônica de Minas Gerais tem como sede uma sala de concertos especialmente construída para ela, a Sala Minas Gerais, inaugurada em 2015. Por sua espetacular trajetória – baseada em temporadas criteriosas e de alta qualidade – a Filarmônica de Minas Gerais venceu o Grande Prêmio CONCERTO do ano passado.

“Estruturalmente, a temporada 2017 segue os modelos que têm nos dado um aumento de mais de 80% em número de assinantes nos últimos dois anos. São cinco séries independentes apresentando programas variados, com a diversidade de repertório e de solistas que tem caracterizado nossa programação. Alguns aniversários importantes serão comemorados, como os 250 anos do Padre José Maurício Nunes Garcia, os 120 de Francisco Mignone, os 75 anos de Jorge Antunes, os 300 anos de J. Stamitz e os 50 anos da morte de Kodály”, explica Fabio Mechetti.

A abertura oficial da temporada será nos dias 16 e 17, quando Mechetti rege a Sinfonia nº 5 de Mahler. E, ao longo do ano, a filarmônica vai enfrentar um repertório variado, com grandes e icônicas obras ao lado de peças menos conhecidas. Entre os artistas convidados, estão Alexandre Dossin, Anna Vinnitskaya, Nelson Freire, Sergey Krylov,  Antonio, Pinchas Zukerman, Fabio Martino e Paulo Álvares, entre outros.

[Conheça aqui a programação completa da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais para 2017]