OSB faz "3ª Sinfonia" de Mahler com mezzo soprano austríaca Natascha Petrinsky

por Redação CONCERTO 02/07/2010

Com a participação do Coro de Crianças da Orquestra Sinfônica Brasileira e do Coro Feminino do Coro Sinfônico do Rio de Janeiro, a OSB faz quatro apresentações da Sinfonia nº 3 em ré menor de Gustav Mahler, tendo como regente Roberto Minczuk e com a participação solista da mezzo soprano Natascha Petrinsky.

 

As apresentações acontecem dias 3 e 4 de julho no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, dia 9 de julho, sexta-feira, no Auditório Claudio Santoro, e dia 10 de julho, sábado, na Sala São Paulo - estes dois últimos concertos como parte da programação do Festival de Inverno de Campos do Jordão.

Com intensa e importante carreira lírica, Natascha Petrinsky nasceu em Viena e após formar-se advogada foi estudar canto na Universidade de Tel-Aviv, iniciando a carreira na Nova Ópera Israelense de Tel-Aviv.

Ela tem interpretado importantes papéis com a Ópera de Leipzig, Festival de Ravinia, Ópera de Roma, Ópera Nacional de Bordeaux, Ópera de Amsterdam, La Fenice de Veneza, Covent Garden, Maggio Musicale de Florença, La Monnaie de Bruxelas, Ópera de Flandres, Teatro Real Madrid, Festival de Edimburgo e La Scala de Milão.

Em concertos apresentou-se com orquestras como a Royal Concertgebouw Orchestra com Riccardo Chailly, BBC Scottish Symphony com Ilan Volkov, London Symphony Orchestra com Michael Tilson Thomas, além de trabalhar com maestros como Riccardo Muti, Jeffrey Tate, Andrew Davies, Roberto Abbado e Gustavo Dudamel.

Ela cantou a 3 ª Sinfonia de Mahler com a Filarmônica de Israel sob direção de Giuseppe Sinopoli.