OSB inicia venda de assinaturas para séries de concertos do Rio de Janeiro

por Redação CONCERTO 24/04/2012

A Orquestra Sinfônica Brasileira deu início ao período de renovação e aquisição de assinaturas para as suas quatro séries no Rio de Janeiro – Ônix, Topázio, Turmalina e Ametista. As apresentações acontecem no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e cada ciclo terá quatro concertos. A compra antecipada dos pacotes garante vantagens aos assinantes, como descontos em relação ao preço dos ingressos avulsos e condições facilitadas de pagamento. 

 

A primeira fase, que vai até 13 de maio, é exclusiva para assinantes de 2011 que quiserem renovar os mesmos lugares ou reservá-los para trocar por outros na etapa seguinte, que acontece de 14 a 17 de maio. Na segunda fase também será possível adquirir novos assentos e serão atendidos os membros do Programa Nossa Orquestra Brasileira (PNOB). De 18 a 20 de maio, será aberta a etapa de aquisição de novas assinaturas.

O preço dos pacotes por série varia de acordo com o local escolhido (R$ 72 para galeria, R$ 240 para balcão superior e R$ 464 para plateia e balcão nobre). As assinaturas podem ser feitas pelo telefone (21) 2505-8383, de segunda a sexta das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 18h; pelo site da OSB (www.osb.com.br), na Livraria da Travessa do BarraShopping, Livraria da Travessa do Shopping Leblon e Livraria da Travessa da rua Sete de Setembro, no Centro. Há descontos para pagamento à vista e condições especiais para assinantes de 2011 e membros do PNOB e da Associação de Amigos da OSB.

A partir desta temporada, a Fundação OSB imprimiu perfis distintos às já tradicionais séries: a Ônix, a partir de agora, terá como destaque a participação de grandes solistas, enquanto a Topázio valorizará o  trabalho dos grandes regentes. A série Ametista será uma mistura das duas, oferecendo concertos regidos por grandes maestros do cenário musical e com programas com a participação de instrumentistas renomados. Já a Turmalina permanece destacando pianistas e contando com uma obra de um compositor nacional no repertório de cada apresentação.