Osesp estreia trilha inédita de Almeida Prado

por Redação CONCERTO 12/08/2009

Nos dias 13, 14, 15 e 16 de agosto, quinta-feira a domingo, na Sala São Paulo, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, sob regência do maestro Cláudio Cruz, interpreta uma obra inédita do compositor brasileiro José Antonio de Almeida Prado, especialmente composta para acompanhamento do longa-metragem Estudos Sobre Paris (Études su Paris), do francês André Sauvage, que será exibido na ocasião. Estudos sobre Paris é uma produção de 1928, período do cinema silencioso, e apresenta um passeio em Paris no início do século XX, com todo o seu desenvolvimento industrial. A programação faz parte da III Jornada Brasileira de Cinema Silencioso.

O compositor Almeida Prado, brasileiro, nascido em Santos, em 1943, diz que tentou “fazer um contraponto, uma viagem paralela ao filme”. A peça que Almeida Prado preparou para a Jornada apresentará tanto momentos atonais, uma linguagem bem contemporânea, como uma linguagem modal, mais romântica. Sua inspiração está, também, em Edith Piaf, na musette, tradicional sanfona parisiense, passando pelo coral, à moda de Wagner, a valsinha e até mesmo algo satírico como o can-can de Offenbach.

A III Jornada Brasileira de Cinema Silencioso é uma promoção da Cinemateca Brasileira, com curadoria de Carlos Roberto de Sousa e curadoria musical de Lívio Tragtenberg.

[Clique aqui para mais detalhes do Roteiro Musical.]

[Clique aqui para ler entrevista da Revista CONCERTO com o compositor Almeida Prado.]

[Clique aqui para ler mais sobre a Jornada do Cinema Silencioso em texto de Camila Frésca.]