Prefeito do Rio de Janeiro volta atrás e mantém apoio à OSB

por Redação CONCERTO 02/05/2013

O jornal carioca “O Globo” acaba de publicar em seu portal que o prefeito Eduardo Paes voltou atrás de sua decisão de cortar os 8 milhões de reais que a prefeitura dá anualmente à Orquestra Sinfônica Brasileira - OSB [leia matéria], e que manterá o apoio à orquestra.

 

A notícia foi divulgada após uma reunião na tarde desta quinta-feira com a diretoria da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira, na qual Eduardo Paes decidiu voltar atrás na decisão tomada em março e revelada pelo jornal no último sábado. O valor de R$ 8 milhões está garantido até 2016, quando acaba o atual mandato do prefeito. Em contrapartida, Paes colocou o secretário municipal de Cultura, Sérgio Sá Leitão, no conselho da orquestra.

Segundo o jornal, o prefeito pediu que a OSB se prepare para ser, até 2016, a melhor orquestra do país, ultrapassando inclusive a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp).

[Leia na íntegra a matéria de “O Globo”]