Retrospectiva 2015 – Alex Klein (depoimento de dezembro de 2015)

por Redação CONCERTO 23/02/2016

“É maravilhoso perceber o resultado de boas decisões políticas em poucos anos. O Femusc, por meio do Femusckinho e do Femusc Jovem – para crianças e adolescentes locais, respectivamente –, já fomentou o desenvolvimento de três orquestras jovens em Jaraguá do Sul. Em 2015, adicionamos o décimo programa, dedicado ao canto lírico, e a partir de 2016 teremos dois títulos de ópera apresentados, assim como uma série diária de concertos voltados ao canto lírico. ‘Fomento’ também é a palavra para descrever o boom musical que hoje ocorre na Paraíba após decisão certeira do governador Ricardo Coutinho, promovendo grande movimentação em nosso segmento cultural. Seguindo a revolucionária reorganização da Orquestra Sinfônica da Paraíba, o estado se beneficia também de uma renovada Orquestra Municipal em João Pessoa, uma nova orquestra profissional na UFPB e até de mais um festival internacional de música, frutos da decisão estatal de interferir no desenvolvimento da música erudita dentro dos últimos quatro anos – foi também criado o Prima, ‘sistema’ de orquestras jovens operando em conjunto com as necessidades de educação e desenvolvimento humano no estado, que já atendeu a mais de 2 mil alunos e conta com dezenas de grupos. O ano de 2015 foi também de muita atividade para mim no exterior: recitais em cidades na China, Concurso Internacional de Oboé no Conservatório Tchaikovsky, em Moscou, festival de música na França, reger orquestras jovem e profissional no Peru e minha estadia nos EUA e no Canadá no verão norte-americano, nos festivais de Banff, Sunflower e Orford. Que venha 2016!”

 

Alex Klein, diretor artístico do Femusc e diretor pedagógico do Prima

Clássicos Editorial Ltda. © 2016 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.