Semana de Música Antiga reúne especialistas em Minas Gerais

por Redação CONCERTO 02/09/2011

Em sua terceira edição, a Semana de Música Antiga da Universidade Federal de Minas Gerais reúne especialistas em música antiga de 2 a 11 de setembro em Belo Horizonte, Sabará, Ouro Preto e Mariana. Neste ano, o evento bienal terá como tema principal o “mysterium eloquente”, buscando as relações do ser humano com o sagrado e suas representações no mundo artístico da cultura ocidental entre os séculos IV e XVIII.

 

Na sexta, dia 2 de setembro, a flautista holandesa Marion Verbrüggen será acompanhada por Elisabeth Wright no programa 'Misteriosas Visões de Euterpe', na noite de abertura do evento, na Igreja São José, em Belo Horizonte.

No sábado, dia 3 o Teatro do Colégio Sagrado Coração de Jesus, também em Belo Horizonte, recebe o cravista Nicolau de Figueiredo, o gambista Juan Manuel Quintana e o violinista Amandine Beyer para uma apresentação intitulada ‘Mysticum Intellectus’.

Outros destaques da programação incluem o grupo francês de música renascentista Ensemble Clément Janequin, que apresenta a Missa em tempo de guerra no dia 6, no Mosteiro Nossa Senhora das Graças, em Belo Horizonte.

Outra aguardada visita internacional é o alaudista Hopkinson Smith, que se apresenta em Ouro Preto no dia 11 com o programa 'A dividade e a loucura: Da milano e Kapsberger'. A soprano argentina Maria Cristina Kiehr será acompanhada por solistas do Ensemble Clément Janequin e Nicolau de Figueiredo ao cravo e órgão positivo em apresentação no dia 7, em Belo Horizonte, e em Sabará, no dia 9. O violinista Luis Otavio Santos também integra a programação com as Sonatas do Rosário, de Biber, ao lado de Sérgio Álvares (viola da gamba), Nicolau de Fugueiredo (órgão positivo e cravo) e Guilherme de Camargo (alaúde e teorba).

O evento promove ainda gratuitamente master classes, palestras e cursos com especialistas de dez países.

[Veja detalhes no Roteiro Musical]