Sinfônica Brasileira faz concertos em homenagem a John Williams no Rio e em São Paulo

por Redação CONCERTO 29/08/2014

Nos dois últimos dias de agosto, a Orquestra Sinfônica Brasileira faz uma dobradinha de concertos especiais dedicados à música de John Williams, um dos mais prolíficos e prestigiados compositores do cinema. Nascido em Floral Park, Nova York, Williams desde cedo teve influências tanto da música erudita quanto popular em sua vida – seu pai era percussionista em uma banda de jazz, e um de seus primeiros professores foi o compositor italiano Mario Castelnuovo-Tedesco.

 

Depois de passar pela Universidade da Califórnia, Williams estudou na Juilliard School, onde teve aulas de piano com a ucraniana Rosina Lhévinne. Com uma escrita fortemente influenciada por Tchaikovsky e Wagner, Williams tem um estilo muitas vezes descrito como neo-romantismo.

Inicialmente planejado para duas noites, o programa da OSB dedicado a Williams acabou ganhando novas datas: a orquestra toca no dia 30 de agosto no Theatro Municipal do Rio de Janeiro; no dia 31 na Sala São Paulo; e faz dois concertos extras em setembro no Rio, nos dias 7 (Cidade das Artes) e 8 (Theatro Municipal). A regência é do maestro titular do grupo, Roberto Minczuk, e o violinista Daniel Guedes é o solista convidado dos concertos.

No repertório estão algumas das mais conhecidas composições de John Williams, como as feitas para os filmes E.T., o extraterrestre, Indiana Jones e os caçadores da arca perdida, A lista de Schindler, Guerra nas estrelas e Jurassic Park – veja o tema deste último, sob regência do próprio John Williams, na seção Mídia.

Ouvinte Crítico
Os concertos da OSB dos dias 30 e 31 de agosto estarão abertos a votação no Ouvinte Crítico. A enquete será lançada no sábado, dia 30 de agosto.

[Veja mais no Roteiro Musical: dia 30/8dia 31/8dia 7/9dia 8/9]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.