Sinfônica de Heidelberg toca Haydn, Mozart e Salieri na Sala São Paulo

por Redação CONCERTO 27/07/2010

Nos dias 2 e 3 de agosto, a Orquestra Sinfônica de Heidelberg se apresenta na Sala São Paulo dentro da temporada do Mozarteum Brasileiro. Os concertos têm regência de Thomas Fey, fundador do grupo, e contam com a participação do pianista chinês Haiou Zhang. Com 26 anos, Zhang reúne no currículo vários prêmios de destaque no cenário da música erudita internacional e já se apresentou como solista e como músico de câmara em algumas das principais salas de concerto da Alemanha.

 

A Sinfônica de Heidelberg concentra seu repertório nos clássicos vienenses (Haydn, Mozart, Beethoven) e nos primeiros românticos alemães, tocando de acordo com os princípios da autenticidade histórica.

Fundada em 1993, seu concerto de estreia ocorreu em 1º de janeiro de 1994 com a Sinfonia nº 9 de Beethoven. O maestro Thomas Fey é conhecido como um dos melhores intérpretes dos clássicos vienenses. Já veio ao Brasil três vezes com a orquestra, em 1998, 2002 e 2005, sempre dentro da temporada do Mozarteum.

O programa das récitas que a Sinfônica de Heidelberg faz por aqui é dedicado ao repertório clássico. Serão duas composições de Haydn: a Sinfonia nº 82, “O urso”, e a Sinfonia nº 92, “Oxford”, além do Concerto para piano nº 21, de Mozart, e a abertura da ópera Les Horaces, de Antonio Salieri.

[Conheça os ganhadores dos ingressos para a Sinfônica de Heidelberg]

[Assista ao vídeo do pianista Haiou Zhang]

[Veja detalhes no Roteiro musical]