Tortelier volta a reger a Osesp em concerto com violoncelista Daniel Müller-Schott

por Redação CONCERTO 17/04/2013

O maestro Yan Pascal Tortelier (ex. titular da Osesp e atual regente convidado de honra), estará novamente à frente do grupo nos dias 18 a 21 de abril, para um programa que tem a conhecida Sinfonia nº 40 de Mozart, a Sinfonia para violoncelo e orquestra de Benjamin Britten – que dá início ao ciclo “Britten 100” da Osesp – e o Choros nº 10 - Rasga o Coração, de Heitor Villa-Lobos, obra repleta de referências brasileiras, do canto dos pássaros e melodias indígenas a um tema do cancioneiro popular, com letra de Catulo da Paixão Cearense. No Choros nº 10 a orquestra conta com a participação dos coros da Osesp.

 

Quem interpreta a Sinfonia de Britten é o violoncelista alemão Daniel Müller-Schott. Nascido em 1976 em Munique, ele foi aluno de Steven Isserlis e Mstislav Rostropovich. Aos 15 anos, venceu o concurso Tchaikovsky de Moscou para jovens músicos e em 2000 estreou no Carnegie Hall, a convite de Anne-Sophie Mutter. Sua recente gravação das Suítes de Britten recebeu o prêmio Diapason d’Or. Müller-Schott toca em um violoncelo de 1727 feito em Veneza por Matteo Goffriller.

Na quinta-feira às 10h a Osesp abre as portas ao público no Ensaio Aberto, com lugares limitados e ingressos a R$ 10,00.

E no domingo, 21 de abril, às 11h, a Osesp apresenta a Sinfonia de Mozart e o Choros nº 10 na série dos Concertos Matinais, com entrada franca.

[Veja detalhes no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2013 - Todos os direitos reservados.

A reprodução deste conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para esta página.