Tucca anuncia temporada internacional 2012

por Redação CONCERTO 01/12/2011

A Tucca, entidade assistencial voltada para a cura do câncer de crianças e adolescentes, anunciou a temporada 2012 de concertos internacionais. Com início em abril, as seis atrações mesclam grandes nomes do jazz e da música de concerto. Nigel Kennedy, violinista pop star que com seu jeito pouco ortodoxo de tocar é recordista de venda de álbuns com sua versão das Quatro estações de Vivaldi, volta ao Brasil para apresentar um encontro entre Bach e o lendário pianista de jazz Fats Waller.

 

Clarinetista cubano e um dos maiores expoentes do jazz da atualidade, Paquito D’Rivera apresenta o repertório de seu álbum “Brazilian dream”, dedicado a clássicos da música brasileira. O concerto, que acontece em maio, conta com a presença do quarteto New York Voices, um dos melhores grupos vocais norte-americanos de jazz. Já em junho, a atração é uma versão da Nona sinfonia, de Beethoven, que tradicionalmente é apresentada na temporada de concertos da Tucca. Orquestra, maestro e solistas serão divulgados futuramente.

O segundo semestre reserva outras três grandes atrações. Em setembro, Steven Isserlis faz um recital solo de violoncelo. Trata-se de uma grande oportunidade de apreciar um dos melhores violoncelistas da atualidade. Isserlis é famoso por sua versatilidade, transitando pelo repertório clássico-romântico, moderno e até a música para crianças. Outro artista faz um recital solo na sequência: sensação do momento, o pianista de jazz de origem armênia Tigran Hamasyan se apresenta pela primeira vez no Brasil em outubro. Mais jovem ganhador do concurso Thelonious Monk, sua música mescla o folclore armênio ao jazz e ao rock.

E a temporada se encerra com uma atração que certamente terá ingressos disputados. Um dos mais importantes cantores brasileiros da atualidade e que tem brilhado em palcos internacionais, o barítono Paulo Szot faz um recital em novembro. O cantor brasileiro recebeu, em 2008, um Tony Awards das mãos da Liza Minelli por seu papel no musical South Pacific, na Broadway, e em 2010 estreou no Metropolitan Opera de Nova York no papel principal da ópera O nariz, de Shostakovich.

[Veja temporada completa]