XIII Festival Amazonas de Ópera abre com “Sansão e Dalila”

por Redação CONCERTO 23/04/2009

Abre hoje, às 20 horas, no Teatro Amazonas em Manaus, a 13ª edição do Festival Amazonas de Ópera. Reconhecido como o principal evento de ópera no Brasil, o XIII FAO prestará uma homenagem às tradições culturais e artísticas francesas através do universo da música erudita, em alusão ao “Ano da França do Brasil”. O festival é promovido pelo governo do Estado do Amazonas por meio da Secretaria de Cultura, com patrocínio do Bradesco e apoio da Petrobras, e tem direção geral de Robério Braga. O diretor artístico é o maestro Luiz Fernando Malheiro.

A ópera que abre o Festival é “Sansão e Dalila”, de Camille Saint-Saëns (1835-1921). Em três atos, a obra é uma das mais interpretadas do repertório lírico francês no mundo. Neste XIII FAO, a montagem apresentará uma concepção ousada e contemporânea do diretor espanhol Emilio Sagi, importante nome da cena lírica internacional. Participam da encenação o argentino Leonardo Ceolin (cenários), Caetano Vilela (iluminação), Jorge Garcia (coreografia) e Olintho Malaquias (figurinos).

O elenco será composto por cantores estrangeiros como a mezzo-soprano espanhola Nancy Fabiola Herrera (Dalila), o tenor norte-americano Michael Hendrick (Sansão) e os franceses barítono Jean-Phillipe Lafont e baixo Jêróme Varnier. Entre os brasileiros destacam-se o baixo Savio Sperandio, os tenores Henrique Bravo e Leandro Lacava, e o barítono Adriano DiSidney.

“Sansão e Dalila” será apresentada pela Orquestra Amazonas Filarmônica, Coral do Amazonas e Corpo de Dança do Amazonas, com direção musical e regência de Luiz Fernando Malheiro.

[Clique aqui para consultar a programação completa do XIII Festival Amazonas de Ópera.]

Serviço:
XIII Festival Amazonas de Ópera
Orquestra Amazonas Filarmônica
Corpo de Dança do Amazonas
Coral do Amazonas
Sansão e Dalila – Ópera de Camille Saint-Saëns
Direção musical e regência: Luiz Fernando Malheiro (Brasil)
Concepção e direção cênica: Emilio Sagi (Espanha)

Local: Teatro Amazonas, Centro Cultural Largo de São Sebastião, s/n, Manaus, AM
Datas: dias 23 de abril (abertura do XIII FAO), 26 de abril (2ª récita), 28 de abril (3ª récita)
Horários: 20 horas – 23 de abril (abertura do XIII FAO)
19 horas – 26 de abril (2ª récita)
20 horas – 28 de abril (3ª récita)
Ingressos: de R$ 5 a R$ 80 – à venda na bilheteria do Teatro Amazonas
Maiores informações (venda de ingressos): (92) 3232-1768

Sansão – Chefe dos Hebreus – Michael Hendrick, tenor (EUA)
Dalila – Sacerdotisa dos Filisteus – Nancy Fabiola-Herrera, mezzo-soprano (Espanha)
Grão-Sacerdote de Dagon – Jean Philippe Lafont, barítono (França)
Abimélech – O sátrapa de Gaza – Sávio Sperandio, baixo (Brasil)
UmVelho Hebreu – Jérôme Varnier, baixo (França)
Premier Filisteu – Henrique Bravo, tenor (Brasil)
Deuxième Filisteu – Adriano DiSidney, baritono (Brasil)
Um Mensageiro Filisteu – Leandro Lacava, tenor (Brasil)