Orquestra Jovem do Estado interpreta “Sinfonia nº 2” de Mahler

por Redação CONCERTO 11/08/2017

A Orquestra Jovem do Estado de São Paulo interpreta, em agosto, um dos monumentos da história da música do final do século XIX e início do século XX, a Sinfonia nº 2 – Ressurreição, de Gustav Mahler. A obra é símbolo da maneira como o compositor repensaria a forma da sinfonia que, para ele, deveria englobar uma ideia de mundo. A regência é de Claudio Cruz, que terá ao seu lado, como solistas, a soprano Camila Titinger e a mezzo soprano Luciana Bueno.

Também participam da apresentação, no dia 13, na Sala São Paulo, o Coral Jovem do Estado e o Coral Juvenil do Guri. O mesmo programa será apresentado no dia 12, em Ilhabela, no litoral de São Paulo, no âmbito do Festival Vermelhos – Música e Artes Cênicas.

[Veja mais no Roteiro Musical]