Osesp apresenta concerto para violoncelo de Unsuk Chin

por Redação CONCERTO 10/08/2017

Nos dias 10, 11 e 12, o programa da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo tem como destaque o Concerto para violoncelo de Unsuk Chin, compositora em residência da temporada deste ano. O solista será Isang Enders, jovem violoncelista de origem alemã e coreana, aluno de dois grandes nomes do instrumento: Truls Mork e Lynn Harell. A regência é de Ilan Volkov, principal regente convidado da Sinfônica da BBC Escocesa. O programa se completa com duas peças importantes da primeira metade do século XX: Prélude à l’après-midi d’un faune, de Debussy, e O mandarim maravilhoso, de Bartók – as duas obras serão apresentadas também em concerto no dia 13, na série de apresentações matinais.

Regente titular do Coro da Osesp, Valentina Peleggi assume a batuta nos dias 17, 18 e 19, quando o concerto tem início com a Abertura em Ré, de Haydn. Em seguida, o pianista suíço Louis Schwizgebel, de 30 anos, ex-aluno de Emanuel Ax e segundo lugar do Concurso Internacional de Piano de Leeds, interpreta o Concerto nº 5 para piano e orquestra, de Camille Saint-Säns. A obra recebeu o codinome de concerto egípcio, pois o compositor trabalhou nela durante uma viagem ao país e, além disso, incluiu na partitura elementos da música africana e do Oriente Médio, qualificando a peça como “uma viagem marítima”. E a ideia de jornadas, de certa forma, também está presenta nas duas composições de Rimsky-Korsakov que fecham os concertos: A lenda da cidade invisível de Kitej e a Donzela favorita Capricho espanhol.

[Veja mais no Roteiro Musical]