Releitura de Peter Brook para “Carmen” é encenada no Theatro Municipal do Rio

por Redação CONCERTO 08/08/2017

Em 1983, o diretor teatral Peter Brook, em colaboração com o escritor Jean-Claude Carrière e o compositor Marius Constant, apresentou em Paris uma adaptação da ópera Carmen, de Bizet. Partindo da obra do compositor, o trio formatou um espetáculo em que muitas cenas são eliminadas, deixando o foco nos quatro personagens principais – Don José, Carmen, Micaela e Escamillo. Nascia assim La tragédie de Carmen, espetáculo que é símbolo da proposta estética de Brook em sua relação com a ópera e que sobe ao palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro em agosto, nos dias 9, 10, 12, 13, 15, 16 e 17.

O espetáculo vai contar com a participação de músicos da Orquestra do Theatro Municipal (o arranjo da partitura pede por um conjunto de câmara) e da Academia Bidu Sayão, além de artistas convidados. O elenco é composto por Carolina Faria, Lara Cavalcanti, Cinthia Graton, Eric Herrero, Ivan Jorgensen, Flavia Fernandes, Gisele Diniz, Tatiana Nogueira, Leonardo Neiva e Daniel Germano, entre outros. A regência fica a cargo de Priscila Bonfim e Jesus Figueiredo.

[Veja mais no Roteiro Musical]