Duo formado por Igor Sarudiansky e Fernando Tomimura leva Franck, Block e Kreisler à Hebraica

por Redação CONCERTO 29/10/2010

No domingo, dia 31 de outubro, a Série Hebraica Meio-Dia leva ao Teatro Arthur Rubstein uma dupla de peso. Trata-se de Igor Sarudiansky, violino solista da Osesp, e de Fernando Tomimura, pianista ligado à mesma orquestra, que apresentam Bal Shem - Three Pictures of Chassidic Life de Ernest Bloch, La Gitana e Zigeuner Capriccio de Fritz Kreisler e a Sonata para Piano e Violino de César Franck.

 

Além de pianista da Osesp, Fernando Tomimura é também professor da Faculdade Cantareira e da Escola Municipal de Música de São Paulo. Em junho de 1999 estreou como diretor musical na ópera A Solteirona e o Ladrão de Gian Carlo Menotti no SESC Ipiranga. Tomimura fez a estréia brasileira de obras como o Quinteto para Piano e Cordas de Béla Bartók com o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e Nove fragmentos de “hoje como ontem ao meio dia” de Silvio Ferraz entre outras.

Pianista, bacharel em Música pela Universidade de São Paulo desde 1995 forma com o flautista Rogério Wolf o Duo Wolf & Tomimura e tem desenvolvido trabalho de pesquisa do repertório para flauta e piano. Além de recitais no Brasil, já se apresentou na Alemanha, Finlândia, Rússia, Espanha, Portugal, França, Polônia, Hungria, Áustria, Suíça, Argentina e Chile.

Como concertista, Fernando Tomimura já atuou à frente de orquestras nas principais salas de concerto do Estado. Fez diversas gravações de trilhas sonoras para filmes e em 2006 gravou, de Willy Corrêa de Oliveira, a série para piano Velhos Hinos cantados de Novo, no projeto Willy Corrêa de Oliveira - O Presente, sob patrocínio da Petrobras.

Igor Sarudiansky começou a estudar com seu pai e aperfeiçoou-se com Erich Lehninger e Cláudio Cruz. Dentre os cursos e festivais dos quais participou, destacam-se os masterclasses com Isaac Stern, Chaim Taub e Shlomo Mintz e o International Music Encounters, ministrado na International Menuhin Music Academy, em Gstaadt.

Atuou como solista no Festival das Américas, realizado em Buenos Aires pela New World Symphony Orchestra, sob regência de Michael Tilson Thomas, e foi premiado por duas vezes no Concurso Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Com o Quarteto Amazonia recebeu o Grammy Latino 2002.

O recital acontece às 12hs e a entrada é franca.