Festival Música Nova realiza 44ª edição

por Redação CONCERTO 05/09/2009

Principal referência em música contemporânea no país e na América Latina, o Festival Música Nova atinge sua 44ª edição em 2009, com uma programação especial por ocasião do Ano da França no Brasil. O evento acontece entre os dias 5 e 25 e, além de concertos, terá oficinas de computação musical com o núcleo de ensino do Ircam.

Com direção artística de Gilberto Mendes, o Festival – uma realização do Sesc São Paulo e da Prefeitura Municipal de Santos, com patrocínio da Petrobras – receberá grandes atrações da música contemporânea francesa: o grupo Les Percussions de Strasbourg, o Ensemble 2E2M, o espetáculo multimídia “Machinations”, criação de Georges Aperghis em parceria com o Ircam, a pianista Martine Joste (que apresenta-se com a Orquestra Sinfônica Municipal de Santos) e o compositor Phillipe Manoury, em colaboração com Flo Menezes e o estúdio PANaroma. A pianista belga Mireille Gleizes completa a lista de convidados internacionais.

A programação traz ainda solistas e formações corais e camerísticas de atuação marcante no cenário nacional: o Ensemble Mentemanuque, o pianista Antonio Eduardo, o coral Madrigal Ars Viva e o Ensemble Música Nova, criado especialmente para o Festival em 2007 e que este ano apresenta-se com Ricardo Bologna como regente convidado, num programa elaborado em conjunto com Gilberto Mendes.

Serão ao todo mais de 20 apresentações nas cidades de São Paulo – nos Sescs Vila Mariana e Consolação, no Theatro São Pedro e no Centro Universitário Maria Antonia – e Santos – Teatro Coliseu, Teatro Guarani e Sesc Santos. A programação do festival é completada com o lançamento do CD Duo Contexto, marcando os 20 anos de atividades da parceria entre Eduardo Leandro e Ricardo Bologna.

A proposta didática do Música Nova também foi ampliada para este ano, com a realização de uma oficina de computação musical pelo Ircam, que traz para o Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, a excelência tecnológica e musical que o tornou referência na criação de música contemporânea mundial, desde sua fundação por Pierre Boulez, em 1970. A atividade, voltada para compositores e estudantes de composição, contará com o núcleo de ensino do Ircam e se baseia na composição musical por computadores e técnicas composicionais de vanguarda.

[Consulte a programação do Festival Música Nova no Roteiro Musical.]