Sinfônica da Bahia toca com regentes convidados

por Redação CONCERTO 11/05/2011

Sob a regência do maestro convidado Guilherme Mannis, a Orquestra Sinfônica da Bahia toca nesta quinta-feira, dia 12, no Teatro Castro Alves com a participação solista da pianista carioca Sylvia Thereza. Formada pela Escola de Música da UFRJ, Sylvia aperfeiçoou-se em Nova York e atua como solista por todo o Brasil e no exterior.

 

No repertório, Mandacaru, de Rogério Fernandes, abre a programação, que ainda tem a Sinfonia nº 2 de Nielsen e o Concerto para piano nº 23 de Mozart.

No dia 18, a Osba – que desde o início do ano tem como novo regente titular Carlos Prazeres – interpreta obras de Stravinsky (Sinfonia para instrumentos de sopro e Danças concertantes), Ernst Widmer (Concerto para clarinete) e Dvorák (Danças eslavas) sob a regência de Osvaldo Colarusso e com a participação do clarinetista Pedro Robatto.

[Veja detalhes no Roteiro Musical]