DIÁRIO DE VIAGEM - TURNÊ OSESP: Manhã chuvosa em Innsbruck

por Redação CONCERTO 08/11/2010

8 de novembro
Manhã chuvosa em Innsbruck, mas não chuvosa o suficiente para impedir que os trabalhos da Osesp e da equipe que a acompanha continuem.
Desde bem cedo já havia movimentação no Teatro Congress Innsbruck. A gerente do arquivo, Maria Elisa Pasqualini, responsável pelas partituras utilizadas durante os ensaios e concertos, chegou por volta das 7h30 para preparar todas as pastas e posicioná-las nas respectivas estantes. Enquanto isso, produção e gerência já estavam prontos para ajudar os músicos no trajeto até o teatro (apenas cinco minutos andando desde o hotel) e a equipe de montagem (João Blásio e Alessandro) também se preparava para dar os últimos retoques na montagem do palco.
O ensaio começou oficialmente às 10h30, mas meia hora antes disso, todos os músicos já estavam se aquecendo pelos corredores do teatro ou no próprio palco.
O maestro Yan Pascal Tortelier aproveitou as horas disponíveis para ensaiar o repertório dos concertos de hoje à noite e de amanhã, em Viena.
O ensaio começou com o Concerto para Orquestra, de Lutoslawski e seguiu na primeira parte com Prélude à l´après-midi d´un faune, de Debussy, e Pé de Vento, de Edu Lobo (tocada como BIS em Zagreb); na segunda - que acontece neste momento - já tivemos o Choros nº6, de Villa-Lobos; La Valse, de Ravel; o Concerto para Violoncelo, de Shostakovich; e o Prelúdio de La Khovantchina, de Mussorgsky.
Ao final do ensaio, os músicos saem para almoço e a equipe de Produção e Gerência vão até a estação de trem de Innsbruck para acertar detalhes sobre a viagem de amanhã, logo cedo, para Viena.

 

Fonte: Alexandre Félix / Osesp

 

[Acompanhe o roteiro da Turnê Europa 2010 da Osesp]