Festival Artes Vertentes leva grande programação musical a Tiradentes

por Redação CONCERTO 08/09/2015

Entre os dias 10 e 20 de setembro, o multidisciplinar Festival Artes Vertentes de Tiradentes leva uma ampla programação de música, artes visuais, artes cênicas, literatura e cinema para a cidade histórica mineira. Com direção artística de Gustavo Carvalho, a atual edição tem “Crime e Castigo” como tema curatorial, e traz uma programação com grandes artistas e repertórios.

 

Entre os destaques, vale notar a soprano brasileira Eliane Coelho, o flautista israelense Roy Amotz, e o violinista inglês Daniel Rowland, líder do Quarteto Brodsky.

Serão ao todo 16 concertos de câmara, distribuídos na Igreja do Rosário, no Centro Cultura Yves Alves Sesi, e na Matriz de Santo Antônio. A abertura acontece no dia 10, no jardim do Centro Yves Alves, e conta com o flautista Roy Amotz e o clarinetista Iura Domeneck.

Acompanhados por Ricardo Domeneck, Tomas Venclova e William Zeytounlian, que realizam leituras poéticas, a dupla interpreta obras de Bach, Villa-Lobos, Toru Takemitsu e Amit Giluz. Outro grande destaque é o Pierrot lunaire, de Arnold Schönberg, que é apresentado no dia 18, com a grande soprano brasileira Eliane Coelho.

A programação ainda reserva repertórios como o em que Coelho canta no ciclo Dichterliebe, de Schumann (dia 12); e do talentoso pianista russo Jacob Katsnelson, dedicado a Bach e Prokofiev (dia 13). O encerramento acontece no dia 20, na Matriz de Santo Antônio. O programa, que será gravado, traz Frates, de Arvo Pärt, e o Quinteto, op. 34, de Brahms. A programação completa com as diversas áreas do Festival Artes Vertentes está disponível no site do evento: www.artesvertentes.com.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.