Júlio Medaglia é demitido da direção do Teatro São Pedro. Concertos deste final de semana sofrem alteração.

por Redação CONCERTO 03/08/2012

O maestro Júlio Medaglia não é mais o diretor artístico do Teatro São Pedro. Após assumir o posto em março deste ano [leia mais] e realizar uma bem sucedida montagem de O Elixir do Amor, conflitos com o Instituto Pensarte, organização social gestora do Teatro São Pedro, levaram à demissão hoje do maestro. A nota da Secretaria da Cultura informa que foi demitido também o diretor executivo do Instituto Pensarte, José Silveira.

 

Os concertos deste final de semana no Teatro São Pedro, dias 4 e 5 de agosto, estão mantidos, mas sem as participações dos solistas Fábio Caramuru e Marco Bernardo. Em substituição a Júlio Medaglia, o maestro Emiliano Patarra, regente titular do grupo, apresenta a Abertura Egmont de Beethoven, a Sinfonia nº 9 – Do Novo Mundo de Dvorák e a Abertura da ópera Carmen de Bizet.

O Instituto Pensarte comunica que a apresentação com Fabio Caramuru e Marco Bernardo foi adiada, sem data definida.

Leia abaixo a nota da Secretaria de Cultura

 A Secretaria de Estado da Cultura foi comunicada nesta sexta-feira (3/8) da decisão tomada pelo Conselho de Administração do Instituto Pensarte, organização social responsável pela gestão do Theatro São Pedro, de desligar de seus quadros o diretor artístico Júlio Medaglia e o diretor executivo, José Silveira. A Secretaria agradece o trabalho realizado pelos profissionais e aguarda, até o final da próxima semana, que o Instituto apresente nova proposta de programação para o segundo semestre, dentro das diretrizes estabelecidas pelo órgão para aquele equipamento cultural. A Secretaria reafirma o compromisso de oferecer espetáculos de qualidade à população paulista.

Clássicos Editorial Ltda. © 2012 - Todos os direitos reservados.

A reprodução integral deste conteúdo requer autorização.