Maestro alemão rege a Camerata Aberta

por Redação CONCERTO 04/04/2012

O Sesc Vila Mariana recebe o concerto de abertura da temporada 2012 da Camerata Aberta, no dia 4, às 21h. O espetáculo, intitulado Farsa para Orquestra, explora a teatralidade e a ironia no concerto. O conjunto Camerata Aberta dedica-se à música contemporânea e é formado por professores da Escola de Música do Estado de São Paulo - Emesp. O concerto será regido pelo jovem maestro alemão Felix Krieger.

 

O repertório trata de discussões de pequenos absurdos e contradições nas relações sociais e profissionais (neste caso, dos músicos). Archeologia del telefono, de Salvatore Sciarrino, aborda com humor a falha de comunicação num mundo cada vez mais tecnológico. A comunicação também é tema de Areia II, de Alexandre Lunsqui, na qual ruídos feitos pelos instrumentos remetem ao atrito dos grãos de areia.

Já a composição de Mauricio Kangel, Divertimento?, questiona, com graça, a relação às vezes insólita entre regente e músicos quando, para levar uma performance em frente, os últimos se submetem voluntariamente ao primeiro, que é tido como uma espécie de “líder da partitura”.