Maestro Jamil Maluf pede demissão

por Redação CONCERTO 05/11/2009

Secretaria Municipal de Cultura informa sobre a demissão do maestro Jamil Maluf, diretor artístico do Teatro Municipal de São Paulo: 
 
Nota Oficial:
O maestro Jamil Maluf, diretor-artístico do Teatro Municipal de São Paulo, encaminhou carta de demissão ao secretário municipal de Cultura, Carlos Augusto Calil, na última quinta-feira (29 de outubro). O pedido foi aceito nesta terça-feira (3 de novembro).

Em vista da necessidade de transformação do atual formato administrativo para fundação tendo como objetivo principal regularizar a contratação dos artistas da principal casa lírica da cidade e dar ao Teatro Municipal de São Paulo maior autonomia, a atual estrutura em operação sofreria alterações em breve, assim que aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo e sancionada do prefeito Gilberto Kassab a lei que permitirá a implantação da Fundação do Teatro Municipal.

A renúncia do maestro antecipa a adoção de um dos formatos administrativos previsto no Projeto de Lei. Trata-se do Conselho de Orientação Artística, composto pela diretora do Teatro Municipal de São Paulo, Beatriz Franco do Amaral, diretora do Balé da Cidade de São Paulo, Mônica Mion, regente da Orquestra Sinfônica Municipal, Rodrigo de Carvalho, regente da Orquestra Experimental de Repertório, Jamil Maluf, um representante do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, regente do Coral Lírico, Mário Zaccaro, regente do Coral Paulistano, Tiago Pinheiro e a direção das escolas de dança e música, representadas, respectivamente por seus titulares: Esmeralda Penha Gazal e Henrique Gregori e que decidirá em conjunto sobre a programação do Teatro. O conselho deverá ser formalmente nomeado por meio de portaria.

O secretário municipal de Cultura agradeceu ao maestro Jamil Maluf por seus bons serviços prestados nos últimos quatro anos como diretor-artístico do Teatro Municipal de São Paulo.