Marin Alsop comanda Osesp em duas semanas de concertos

por Redação CONCERTO 22/06/2016

As duas últimas semanas de concertos do mês da Osesp trazem de volta a São Paulo a diretora musical e regente titular do grupo, Marin Alsop. Do dia 23 ao dia 25, o programa traz duas grandes peças sinfônico-corais: Chichester Psalms, de Leornard Bernstein, que foi professor de Alsop, e os Choros nº 10 Rasga coração, de Villa-Lobos. O programa tem ainda o Concerto para violino de Tchaikovsky, obra que exige grande virtuosismo do intérprete, no caso a violinista japonesa Karen Gomyo que, apesar da pouca idade, já coleciona apresentações ao lado de grupos como as filarmônicas de Nova York e Los Angeles e a Orquestra Sinfônica de São Francisco.

 

Komyo volta a se apresentar com a orquestra e Alsop nos dias 30 de junho e 1º e 3 de julho, agora ao lado do violoncelista suíço Christian Poltéra. Aos 17 anos, ele substituiu Yo-Yo Ma em um concerto com a Orquestra do Tonhalle e, desde então, tem sido um dos mais requisitados instrumentistas de sua geração. Com a Osesp, ele já gravou os concertos de Walton e Hindemith para o selo BIS, sob regência de Yan Pascal Tortelier. Desta vez, com Gomyo, ele interpreta o Concerto duplo de Brahms, pilar do repertório de violinistas e violoncelistas. Na segunda parte será apresentada a Sinfonia nº 5, de Shostakovich, obra escrita pelo compositor após as duras críticas e sanções sofridas por conta da estreia de sua ópera Lady Macbeth do Distrito de Mtsensk.

[Veja mais no Roteiro Musical]