“O menino e a liberdade” abre a temporada lírica do Theatro São Pedro de São Paulo

por Redação CONCERTO 13/03/2014

A temporada do Theatro São Pedro se inicia com uma reprise: nos dias 14, 16, 21 e 23 de março é reapresentada a ópera O menino e a liberdade, que tem música de Ronaldo Miranda e libreto de Jorge Coli. A peça, fruto de uma encomenda do teatro, teve estreia no ano passado e, devido à boa recepção da crítica, deve se tornar uma trilogia escrita pela dupla (leia aqui a resenha feita por Irineu Franco Perpetuo). Baseada em um texto do escritor paulista Paulo Bomfim, a ópera conta a história de um menino que, durante uma viagem de lotação, pergunta à mãe o significado da palavra “livre”.

 

O elenco é em boa parte formado por alunos da Academia de Ópera do Theatro São Pedro – bianual, o programa forma sua primeira turma no fim de 2014. Repetem a atuação do ano passado o barítono Johnny França, a soprano Chiara Santoro e o tenor Anibal Mancini – além do menino soprano Ivan Marinho, no papel-título, e o convidado Sebastião Teixeira. A mezzo Carolina Jadach interpreta a mãe, enquanto outro convidado, o músico Ricardo Pacheco, faz o trombonista. A regência é de Emiliano Patarra e a direção cênica de Mauro Wrona.

A temporada

Com cinco óperas e duas séries de concertos, a programação arquitetada por Emiliano Patarra, regente titular da orquestra e diretor artístico, consolida um novo patamar para as realizações artísticas da casa. Patarra é o entrevistado da edição de março da Revista CONCERTO; confira aqui (para assinantes).

Além de O menino e a liberdade, o São Pedro apresenta em 2014 as óperas Iphigénie en Tauride, de Gluck; Las horas vacías, de Ricardo Llorca; Ártemis, de Alberto Nepomuceno; e As bodas de Fígaro, de Mozart.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.