Osesp abre temporada 2015 com a “Quinta sinfonia” de Mahler

por Redação CONCERTO 25/02/2015

A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo inaugura oficialmente sua temporada 2015 com uma trinca de concertos na Sala São Paulo nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro. A regência é da diretora musical e maestrina titular do grupo, Marin Alsop. Ela comanda a Osesp num repertório que se abre com Rapture (Arrebatamento), do norte-americano Christopher Rouse. Composta em 2000, como encomenda da Sinfônica de Pittsburgh, a peça é dedicada a Mariss Jansons, então diretor artístico da orquestra.

 

Depois do intervalo é a vez da Quinta sinfonia de Gustav Mahler. A peça tem especial significado para Alsop, pois fora a obra favorita de seu mentor, Leonard Bernstein – diz-se que Bernstein foi enterrado com a partitura da Quinta sobre seu peito.

Outra curiosidade: não é a primeira vez que a Osesp realiza uma dobradinha Mahler/Rouse: em agosto de 2013 a orquestra apresentou um repertório com A redenção de Alberich, de Rouse – para orquestra e percussão, com solos de Colin Currie –, e a Sinfonia nº 1, Titã, de Mahler.

Ouvinte Crítico
Os concertos terão votação aberta no Ouvinte Crítico. A enquete será lançada na quinta-feira, dia 26 de fevereiro.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.