Petrobras Sinfônica abre temporada com Wagner e Strauss

por Redação CONCERTO 10/04/2019

Com um programa dedicado a obras de Wagner e Richard Strauss, a Orquestra Petrobras Sinfônica abre sua temporada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro neste sábado, dia 13. A regência é de Felipe Prazeres, que substitui o maestro Isaac Karabtchevsky, que precisou cancelar sua presença por motivos pessoais.

O concerto começa com as aberturas das óperas Rienzi e Tannhäuser, de Wagner, além do Prelúdio e Morte de Isolda, de Tristão e Isolda. O grupo, então, interpreta Assim falava Zarathustra, de Strauss, baseada no livro em que o filósofo Friedrich Nietzsche coloca algumas de suas principais ideias e conceitos, como o do super-homem, e a afirmação de que Deus estava morto.

A peça foi imortalizada pelo seu uso no início do filme 2001: uma odisseia no espaço, de Stanley Kubrick, um dos principais cineastas do século XX.

Clique aqui e veja os detalhes no Roteiro do Site CONCERTO

Leia mais
Ópera sobre migrações estreia no Rio de Janeiro
Rosana Lanzelotte homenageia D. Maria II em novo espetáculo

Felipe Prazeres [Divulgação]
Felipe Prazeres [Divulgação]