Banner 468x60
Banner 180x60
Boa noite.
Sábado, 23 de Junho de 2018.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 

 
 
Theatro São Pedro de São Paulo lança temporada; assinaturas começam no dia 29 de janeiro (28/1/2014)

Em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira, o Theatro São Pedro de São Paulo (TSP) anunciou sua temporada 2014, que contará com cinco óperas (incluindo uma remontagem) e duas séries de concertos. O período de renovação de assinaturas se inicia amanhã, dia 29 de janeiro, e vai até o dia 7 de fevereiro. A troca de assinaturas para assinantes acontece entre 10 e 14 de fevereiro. Já as novas assinaturas e as vendas avulsas se dão dos dias 17 a 27 de fevereiro. As vendas são feitas pelo site www.ingressorapido.com.br ou pelo telefone (11) 4003-1212. Maiores detalhes sobre as assinaturas estão no site do Theatro São Pedro.

Óperas

A programação lírica do Theatro São Pedro tem como foco a variedade de estilos, com peças consagradas e recentes, privilegiando a produção nacional, com dois títulos de autores brasileiros. Outra marca da temporada é o início de dois ciclos, que o teatro pretende fechar em 2017, ano de seu centenário – uma trilogia de estreias brasileiras e outra com a parceria Mozart-Da Ponte.

A série lírica se inicia em março, nos dias 14, 16, 21 e 23, com a remontagem de O menino e a liberdade, de Ronaldo Miranda, com libreto de Jorge Coli, estreada pelo TSP no ano passado. O elenco é composto basicamente por jovens da Academia de Ópera do Theatro São Pedro (leia mais abaixo), e conta com alguns convidados. A regência é de Emiliano Patarra, e direção cênica é novamente de Mauro Wrona. Segundo Patarra, diretor artístico do e regente titular do São Pedro, a reprise da peça inicia uma trilogia original que abarca os princípios estabelecidos na Revolução Francesa: liberdade, igualdade e fraternidade. A empreitada será realizada pela mesma dupla de O menino e a liberdade: Ronaldo Miranda e Jorge Coli. Os próximos títulos, com estreias previstas para 2015 e 2017 serão baseados em textos de Machado de Assis e Monteiro Lobato, afirma Patarra

Os 300 anos de Gluck são lembrados no final de maio e início de junho, quando são encenadas cinco récitas de Iphigénie en Tauride. O elenco traz Monica Ferracani no papel principal, e conta também com Lício Bruno e Sergio Vitale. A regência é de Alessandro Sangiorgi e a direção cênica do argentino Gustavo Tambascio.

Já em agosto, nos dias 8 e 10, acontece a estreia nacional de Las horas vacías, ópera-monodrama do espanhol Ricardo Llorca. Montada pela primeira vez em 2010 no Lincoln Center, em Nova York, a peça terá em São Paulo a mesma regência e direção cênica de sua estreia mundial, com Emmanuel Plasson no comando da orquestra, e o próprio Llorca assinando a produção.

Em 25 de setembro, o TSP faz a montagem de Ártemis, comemorando os 150 anos de nascimento de Alberto Nepomuceno. Com regência de Patarra e direção de Roberto Alvim, a ópera tem como destaque os solistas Inácio de Nonno e Eiko Senda. O título é reapresentado nos dias 27 de setembro, 3 e 5 de outubro, e, segundo Emiliano Patarra, a montagem deve ser acompanhada da publicação de uma edição crítica da partitura da obra, numa tentativa de resgatar parte do repertório operístico nacional.

A temporada lírica se encerra com As bodas de Fígaro, de Mozart. Serão ao todo seis récitas (dias 26, 28 e 30 de novembro, e dias 4, 5 e 7 de dezembro). A montagem trará de volta ao São Pedro a diretora Livia Sabag, nome em ascensão no cenário operístico nacional – foi ela quem dirigiu, em 2013, A volta do parafuso, de Benjamin Britten, considerado o ponto alto da última temporada do TSP. A regência é de Emiliano Patarra, e o elenco traz Paula Almerares, Cláudia Azevedo, Lucas Debevec e Luisa Francesconi, entre outros. A escolha do título reflete outro planejamento do teatro, que pretende fazer nos próximos anos Così fan tutte e Don Giovanni, completando assim o ciclo de óperas que Mozart escreveu com o libretista Lorenzo da Ponte.

Academia de Ópera

A montagem da ópera de Mozart marca também a formatura da primeira turma da Academia de Ópera. O programa, que é bianual, dá a oportunidade a músicos iniciantes de se apresentarem em montagens do teatro, bem como a experiência essencial para sua inclusão no mercado de trabalho. As inscrições para a turma de 2014 acontecem entre os dias 30 de janeiro e 10 de fevereiro. As audições ocorrem em fevereiro, nos dias 14, 15 e 16 (acompanhe o site da Revista CONCERTO para maiores informações).

Concertos

As apresentações sinfônicas do Theatro São Pedro se dividem em duas séries: a oficial e a matinal. A série oficial conta com seis programas espalhados pelo ano, cada um com duas récitas. Destaque para a homenagem a Richard Strauss, sob regência de Piotr Borkowski (dias 12 e 13 de abril); a apresentação com o solista Pacho Flores (trompete), notória cria do El Sistema, da Venezuela (dias 21 e 22 de junho); e um dos grandes nomes do bel canto, a soprano italiana Mariella Devia (dias 18 e 20).

Sete datas compõem a série matinal, com especial relevância para a apresentação de Gilberto Tinetti (piano) com os solistas da Orquestra do Theatro São Pedro (dia 8 de junho); e um programa dedicado a peças para sopros, com regência de Alex Klein (dia 26 de outubro).

Outro projeto do TSP, a série gratuita Música ao Meio-Dia, mudou de dia. Agora as apresentações ocorrem às terças-feiras, sempre no saguão do teatro, com membros da orquestra do TSP, alunos da Academia de Ópera e convidados.

Política cultural

A coletiva de imprensa para o anúncio da temporada contou com a presença do secretário da Cultura do Estado de São Paulo, Marcelo Mattos Araujo, da coordenadora da Unidade de Fomento e Difusão Cultural da Secretaria, Maria Thereza Bosi de Magalhães, do presidente do conselho do Instituto Pensarte (organização social incumbida da gestão do Theatro São Pedro) Leonardo Brant, do diretor executivo Marcos Barreto, do diretor artístico maestro Emiliano Patarra e do diretor de elenco Paulo Esper.

Marcelo Araújo sublinhou a importância do Theatro São Pedro dentro da política cultural do Estado e, consoante com isso, Maria Thereza anunciou um aumento de mais de 30% do orçamento direto do Estado para a programação do teatro – de R$ 1,9 milhão em 2013 para R$ 2,6 milhões em 2014. Patarra e Esper comentaram sobre a importância e ineditismo do programa da Academia de Ópera, e Brant e Barreto externaram a intenção de multiplicar os resultados especialmente das produções líricas por meio das edições de partituras, remontagens e futuras permutas.

Veja a temporada completa do Theatro São Pedro aqui.

[Nota atualizada às 15h40 do dia 30/1/2014]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.



Mais Notícias

Geneva Camerata recebe o violoncelista Pieter Wispelwey pela temporada da Cultura Artística (22/6/2018)
Projeto Guri promove seminário com Jeunesses Musicales International (21/6/2018)
Festival Tinta Fresca premia compositor paulistano Martim Butcher (20/6/2018)
Petrobrás Sinfônica toca Brahms com maestro Carlos Moreno (20/6/2018)
Terceiro SPHarpFestival mostra espetáculo sobre a belle époque (20/6/2018)
Flauta Mágica celebra os 170 anos da Escola de Música da UFRJ (19/6/2018)
SP Cia. de Dança completa 10 anos e apresenta dois espetáculos em junho (19/6/2018)
Festival Sesc Pelotas abre inscrições (18/6/2018)
Pianista Fabio Martino toca com Osesp e o maestro Neil Thomson (18/6/2018)
Theatro São Pedro apresenta “Alcina” de Händel com direção de Luis Otavio Santos (15/6/2018)
Projeto celebra legado do maestro e compositor Cyro Pereira (14/6/2018)
Após manifestação de ministro, governo estuda compensação para a cultura (14/6/2018)
Festival de Londrina tem inscrições abertas (14/6/2018)
Quarteto da Cidade toca Beethoven (13/6/2018)
Sala Cecilia Meireles abre espaço para a ópera contemporânea (13/6/2018)
Regente francês Louis Langrée, diretor da Sinfônica de Cincinnati, rege a Osesp (12/6/2018)
Theatro Municipal encena ópera “O cavaleiro da rosa”, de R. Strauss (11/6/2018)
Instituto Baccarelli em dose dupla (8/6/2018)
Música no Museu tem a voz como foco em junho no Rio (8/6/2018)
Les Violons du Roy e soprano Julia Lezhneva fazem homenagem a Händel (8/6/2018)
Orquestra Jovem do Estado toca e grava a "Sinfonia nº 5" de Mahler (7/6/2018)
Festival de Campos do Jordão fará 90 apresentações em julho (7/6/2018)
Instituto Fukuda promove nova versão do musical “Os saltimbancos” (6/6/2018)
Camerata Sesi recebe Edilson Venturelli (6/6/2018)
Sinfônica da USP recebe jovem violoncelista para interpretar Shostakovich (6/6/2018)
Filarmônica de Minas Gerais recebe maestro polonês Michal Nesterowicz (5/6/2018)
Pianista britânico Steven Osborne abre o mês da Osesp (5/6/2018)
Pianistas movimentam agenda da Sala Cecília Meireles (5/6/2018)
 
Ver todas as notícias anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Junho 2018 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
 

 
São Paulo:

26/6/2018 - Geneva Camerata e Pieter Wispelwey - violoncelo

Rio de Janeiro:
23/6/2018 - Ópera A flauta mágica, de Mozart

Outras Cidades:
24/6/2018 - São José dos Campos, SP - Festival Ethno Brazil
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2018 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046