Com regência de Stanislaw Skrowaczewski, Osesp recebe o pianista Lars Vogt

por Redação CONCERTO 05/11/2014

Depois de conduzir a trinca de concertos da Osesp na semana passada, o veterano regente polonês Stanislaw Skrowaczewski volta à Sala São Paulo para mais três compromissos com a orquestra paulista. O maestro de 91 anos dirige o grupo nos dias 6, 7 e 8 de novembro, em apresentações que trazem como solista o pianista alemão Lars Vogt.

 

Nascido em Düren, em 1970, Vogt foi aluno do famoso professor alemão Karl-Heinz Kämmerling, na Escola de Música e Teatro de Hannover, e só na temporada 2013/2014 atuou como solista de grupos como a Orquestra do Concertgebouw, com Mariss Jansons, a Sinfônica Alemã, com Tugan Sokhiev, e a Orquestra da Staatskapelle de Dresden, com Christian Thielemann.

Com a Osesp, Vogt interpreta o Concerto nº 27 de Mozart – o programa tem ainda a Abertura trágica do polonês Andrzej Panufnik, e a Sinfonia nº 2 de Brahms.

Solistas da Osesp
Paralelamente aos concertos da orquestra, um grupo de solistas da Osesp faz duas apresentações dedicadas a Bach, com o Trio nº 3 e as cantatas números 54, 156 e 170. Quem participa dos recitais são as mezzos Mariana Valença e Clarissa Cabral, os violinistas Irina Kodin e Paulo Paschoal, os violistas Olga Vassilevich e Peter Pas, a violoncelista Marialbi Trisolio, o oboísta Peter Apps e o organista Alessandro Santoro.

[Veja mais no Roteiro Musical: Série sinfônicaSolistas da Osesp]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.