Com vídeos na internet, projeto Tribos forma plateias para o piano

por Redação CONCERTO 03/04/2013

Em oito vídeo-clipes que associam as linguagens da música clássica com a da arte popular, o projeto Tribos dá um passo importante para democratizar o acesso da população à música clássica para piano. Grafiteiros, artistas digitais, tatuadores e rappers interagem com os pianos e seus pianistas, em locações que vão de uma pista de skate à Estação da Luz.

 

O projeto foi idealizado pelo pianista Hudson Souza e produzido pela organização sem fins lucrativos Brasil Piano Masters, em parceria com as produtoras Mixirica Filmes, Estudio Preto e Branco, Tao Criativo, Afirma Criação Audiovisual, e pelos produtores independentes Nivaldo Godoy Jr e Dacio Pinheiro.

 

Os vídeos, com estética arrojada e ótimo acabamento, podem ser acessados pelo site YouTube, pelos títulos “Erika Ribeiro interpreta ‘Beethoven e os internautas’”; “Juliana D’Agostini e rapper Projota em ‘Preste atenção’ ou ‘Rachmaninov para Rappers”; “Silvio Baroni e Chivitz interpretam Debussy e Grafite”; “Antonio Vaz Lemes interpreta Camargo Guarnieri”; “Diva Evelyn Reale interpreta Mussorgsky e Tattoo”; “Petrushka Brasileiro, por Leonardo Hilsdorf e Rafael Primo”; “Luis Fernando Muniz Cirne, Villa-Lobos e a natureza”; e “Chopin no Século XXI, de Patricia Glatzl e Lucas Miranda”.

 

Clique nos títulos acima para acessar os vídeos.