Evento multimídia traz Schumann aos dias atuais

por Redação CONCERTO 16/04/2012

Com a passagem do bicentenário de Robert Schumann (celebrado em 2010), interpretações sobre seu proeminente papel na cultura fazem com que seu legado torne-se cada vez mais atual. Neste sentido, de 18 a 22 de abril os músicos e pesquisadores Almicar Zani e Heloisa Zani se juntam à artista Branca de Oliveira para criar o projeto multimídia A dobra schmanniana.

 

A instalação, que acontece no Sesc Pompeia, em São Paulo, contará com um piano sobre um palco central e elevado, com os assentos do público dispostos em seu entorno. Envolvendo o palco, em toda sua circunferência, haverá uma tela translúcida sobre a qual serão projetadas imagens pré-gravadas de caráter documental sobre a vida de Schumann, bem como tomadas ao vivo da performance em andamento. A ideia é que, por meio desse aparato multimídia, a vida de Schumann, desde as aspirações teóricas e artísticas até a vida pessoal, incluindo a esposa Clara e seu pupilo, Johannes Brahms (que teria se apaixonado por Clara), seja exposta em sua forma mais profunda e múltipla.

O concerto-instalação conta com apresentações em diversas sessões. Serão duas obras para piano a quatro mãos, executadas por Almicar e Heloisa: Quinteto para piano, op. 44, de Schumann (em versão para quatro mãos de Clara Schumann) e Quarteto op. 51 nº 1, de Brahms (em versão para quatro mãos do próprio compositor). Além disso, a organização prevê palestras e debates (a serem realizados em maio, no Centro Universitário Maria Antonia), além do lançamento de um livro, um site e um DVD.

[Veja detalhes no Roteiro Musical]