Fábio Cury lança CD com valsas de Francisco Mignone para fagote solo

por Redação CONCERTO 30/10/2014

Hoje (quinta-feira), às 20h30 no Sesc Vila Mariana, o fagotista paulista Fábio Cury lança seu novo CD “Mignone por Fábio Cury – 16 Valsas para Fagote Solo”, realizado pelo selo Sesc. As obras foram escritas nos anos 1980 pelo paulista Francisco Mignone (1897-1986), um dos mais importantes compositores brasileiros do século passado.

 

No encarte do CD, o violonista Fabio Zanon conta que “as valsas para fagote foram inspiradas pela arte do fagotista francês radicado no Brasil desde 1952, Noel Devos, e compostas a pedido da professora Irany Leme – que organizou em 1979 uma série de seis concertos sobre o tema da valsa. Como não havia valsa para fagote no repertório internacional, Leme persuadiu o compositor a escrever obras para esse recital. Mignone tanto se entusiasmou com a atuação de Devos que completou, em poucos meses, 16 valsas”.

Segundo Fábio Cury, que é um dos mais brilhantes instrumentistas de sua geração, cada uma dessas peças apresenta um colorido particular, ainda que todas recebam a designação geral de valsas. Pattapiada e Apanhei-te meu fagotinho são valsas-paródia, de inspiração humorística, que remetem ao caráter virtuosístico do choro; a Valsa declamada (o viúvo) retrata um discurso de pesar, Macunaíma, valsa sem caráter e A escrava que não era Isaura aludem a obras literárias; Sexta valsa brasileira se aproxima de um estilo mais orquestral, no qual o fagote imita vários outros instrumentos; Valsa-choro traz um gênero mais clássico à série; e assim por diante.

O CD “Mignone por Fábio Cury - 16 Valsas para Fagote Solo” também faz parte das comemorações dos 10 anos do Selo Sesc.

[Clique aqui e consulte mais detalhes no Roteiro Musical.]