Filarmônica do Espírito Santo apresenta temporada 2010

por Redação CONCERTO 25/02/2010

O maestro Helder Trefzger acaba de anunciar mais uma ótima temporada da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo (Ofes), da qual é regente titular. A programação dará continuidade ao que foi mostrado nos últimos três anos quando, ao lado de destacados solistas e maestros convidados, foram apresentadas grandes obras do repertório.

Entre os destaques deste ano estão as suítes dos balés O pássaro de fogo e Pulcinella, de Stravinsky, as Sinfonias nº 2 e nº 3 e o Concerto duplo para violino e violoncelo, de Brahms e obras de Tchaikovsky, Fauré, Ravel, Debussy, e César Franck, entre outros. Também será apresentada a ópera La bohème, de Puccini, em forma de concerto, e muita música brasileira.

Adriana Clis, Gabriella Pace, Luciana Bueno, Martin Muehle, Nicolas Koeckert, Daniel Guedes, Antônio del Claro, Linda Bustani, Yuriy Rakevich, Dilson Florêncio, Leo Gandelman, Gabriela Queiroz, Marcelo Verzoni e Luis Carlos Justi são alguns dos solistas convidados. Já o time de maestros contará, além de Trefzger e Modesto Flávio (maestro adjunto), com Roberto Duarte, Ira Levin, André Cardoso, Emilio de Cesar, Guilherme Mannis, Marcelo de Jesus, Alexandre Lopes e o português Mário Mateus.

O primeiro concerto da Série Quarta Clássica acontece em Vila Velha, dia 3 de março, às 20 horas, com entrada franca. No programa obras de Vivaldi (As quatro estações) e Brahms (Concerto duplo para violino e violoncelo) com os ótimos solistas Daniel Guedes (violino) e Antônio del Claro (violoncelo), sob direção do regente titular Helder Trefzger.

Além da temporada principal, a Ofes continuará com apresentações itinerantes pelo estado do Espírito Santo e com a série didática “A orquestra nas escolas”. “Acreditamos que a temporada 2010 contribuirá para a continuidade do crescimento qualitativo da Ofes, ao mesmo tempo em que brindará o público com a audição de peças expressivas do repertório sinfônico, colaborando ainda para a sua consolidação dentro do cenário artístico nacional”, afirma o maestro Trefzger.

[Clique aqui para conferir a Temporada 2010 da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo.]