Municipal do Rio encena La Bohème

por Redação CONCERTO 10/09/2008

Os 150 anos de nascimento de Giacomo Puccini serão comemorados a partir da noite desta quinta-feira (11/09) no Theatro Municipal do Rio com a estréia de uma nova montagem de La Bohème, dirigida por Pier Francesco Maestrini e regida pelo diretor artístico do TM-RJ, Roberto Minczuk, e pelo maestro Silvio Viegas.



As sopranos Adriana Damato e Rosana Lamosa estão encarregadas de dar vida à personagem de Mimi, enquanto os tenores Fernando Portari (foto) e Jesus Garcia interpretarão Rodolfo.



Completam o elenco o barítono Rodrigo Esteves (Marcelo), a soprano Gabriella Pacce (Musetta), o barítono Homero Velho (Schonaunard) e os baixos Luiz Ottavio Farias (Colline), Kleber Fialho (Benoit/Alcindoro) e Giovanni Tristacci (Parpignol).



La Bohème é uma ópera em quatro atos, com libreto de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa, baseado no livro de Henri Murger, "Scènes de la Vie de Bohème". Estreou no Teatro Regio de Turim em fevereiro de 1896, sob a regência de Arturo Toscanini, e no ano seguinte foi encenada pela primeira vez no Rio de Janeiro, em julho de 1897, no Theatro Lyrico.



De 1910 até hoje, o Municipal do Rio abrigou nada menos de 64 produções de La Bohème, distribuídas em 47 temporadas, num total de 150 representações (contando as récitas programadas para os dias 11, 12, 13, 14, 16 e 19), o que a faz da ópera de Puccini o título mais encenado nos 100 anos do Theatro. Veja os detalhes em nosso Roteiro.