Paulo Szot estrela nova produção de “My Fair Lady”

por Redação CONCERTO 24/08/2016

O aristocrata Henry Higgins e o Coronel Hugh Pickering fazem uma aposta: será possível transformar a jovem Eliza Doolittle, uma vendedora de rua, em uma dama da alta sociedade? É esse o ponto de partida para um dos musicais mais famosos de todo o repertório, My Fair Lady, que ganha uma nova produção a partir deste sábado, em São Paulo, pelas mãos do diretor Jorge Takla e do maestro Luis Gustavo Petri.
 
O destaque da produção é o barítono Paulo Szot, que vai contracenar com um grande elenco, composto por algumas vozes conhecidas do público de ópera no país, como os barítonos Sandro Christopher e Eduardo Amir, que vivem o Alfred Doolittle e o Coronel Pickering, respectivamente. Daniele Nastri será Eliza. Completam o elenco Eliete Cigaarini (Sra. Higgins), Frederico Reuter (Freddy Eynsford-Hill) e Daniela Cury (Sra. Pearce).

 

My Fair Lady é baseada na peça Pigmaleão, de George Bernard Shaw, e já foi levada ao cinema nos anos 1960 por George Cukor, em filme estrelado por Audrey Hepburn. Nesta montagem, será utilizada a tradução para o português de Claudio Botelho.
 
[Veja mais no Roteiro Musical]