Sob regência de Helder Trefzger, Sinfônica do Espírito Santo recebe dois solistas internacionais

por Redação CONCERTO 10/03/2014

Nos dias 12 e 13, a Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo (antiga Filarmônica do Espírito Santo) faz dois concertos no Teatro Carlos Gomes, em Vitória. Quem rege as apresentações é o diretor artístico e maestro titular do grupo, Helder Trefzger. Desde o início do ano, a Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, volta a atender pelo seu nome original, Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo (Oses).

 

De acordo com Trefzger, “o retorno ao nome original representa muito mais que uma simples troca; ele reflete o cuidado, a atenção e o investimento realizados pelo Governo do Estado do Espírito Santo para com a sua orquestra. Assim, estamos empolgados com a nova fase – contratamos 50 novos músicos temporários e iniciamos os ensaios para uma temporada de superação, com mais de oitenta apresentações ao longo do ano”.

Confira a programação completa da Oses aqui.

Nas apresentações dos dias 12 e 13, a orquestra recebe como convidados o violinista alemão Nicolas Koeckert e a pianista russa Kristina Miller-Koeckert. Cada um interpreta um concerto: ele, o de Sibelius; ela, o Segundo de Rachmaninov. A Oses ainda toca a abertura Ruslan e Ludmila, de Glinka.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.