Viktoria Mullova e Katia Labèque se apresentam em São Paulo e no Rio

por Redação CONCERTO 28/09/2015

No final do mês de setembro e no começo de outubro acontecem três importantes recitais de música de câmara com o duo formado pela violinista russa Viktoria Mullova e a pianista francêsa Katia Labèque. Nos dias 29 e 30 a dupla se apresenta na Sala São Paulo, em promoção da Cultura Artística; já no dia 1º, o concerto é no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, pela série O Globo/Dell’Arte Concertos Internacionais.

 

Nascida na cidade de Jukovsky, Viktoria Mullova estudou na Escola Central de Música de Moscou e no Conservatório de Moscou, onde foi aluna do famoso violinista soviétivo Leonid Kogan. Após despontar no cenário internacional como vencedora da Competição Jean Sibelius, em Helsinque, Mullova ainda venceu a concorrida e prestigiada Competição Tchaikovsky, em 1982. No ano seguinte, durante uma turnê na Finlândia, fugiu para Estocolmo, na Suécia, onde pediu asilo político e cortou seus laços com a União Soviética. Hoje em dia vive em Londres, e é convidada habitual de orquestras como a do Concertgebouw, de Amsterdã, e as filarmônicas de Berlim e Viena.

Sua companheira nos concertos no Brasil, Katia Labèque, é mundialmente famosa pelo duo de pianos que forma com sua irmã, Marielle. Nascida na cidade francesa de Bayonne, próxima à fronteira com a Espanha, Labèque é formada pelo Conservatório de Paris, e desenvolveu com sua irmã uma carreira sólida, apresentando-se como solistas das principais orquestras do mundo.

Os programas dos três recitais são iguais e se iniciam com a Sonata nº 35 de Mozart e a Sonata nº 1 de Schumann. Completam o repertório Frates, de Arvo Pärt, Distance de fée, de Toru Takemistu, e a Sonata de Ravel.

[Veja mais no Roteiro Musical: São PauloRio de Janeiro]

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.