Temporada da SCA termina com grupo de percussão japonês

por Redação CONCERTO 11/11/2008

Uma série de apresentações do Kodo, grupo de percussão japonês, encerra a temporada 2008 da Sociedade de Cultura Artística, entre o dia 11 e 16 de novembro, em evento que também integra as comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil. Formado em 1981, o grupo Kodo incorpora em seu nome dois ideogramas nipônicos: “ko”, que significa “batida do coração”, numa alusão ao ritmo ouvido e sentido no interior do ventre materno; e “do”, cuja tradução – “espírito infantil” – reafirma o desejo do grupo em tocar o tambor “da forma mais pura e sincera, com o sentimento de uma criança”.

Além da voz, o instrumento principal dos 14 membros do grupo é o “taiko” – tradicional tambor japonês que é a essência dessa arte. Considerado símbolo das antigas comunidades rurais do Japão – que costumavam relacionar o limite geográfico de suas aldeias à distância em que a batida do tambor podia ser ouvida – o “taiko” é a base do espetáculo cênico-musical do Kodo. O repertório inclui peças elaboradas especialmente para o grupo por compositores contemporâneos – e outras escritas pelos seus próprios integrantes. Veja aqui os detalhes das apresentações em São Paulo.